Ceasa vende uma tonelada de produtos no primeiro dia

O sol ainda não tinha nem saído e os primeiros vinte produtores cadastrados na Central de Comercialização e Abastecimento de Rio Branco (Ceasa) já tinham vendido tudo. Aproximadamente uma tonelada de alimentos foi comercializada no primeiro dia de funcionamento ao público, informou o diretor-presidente, Sérgio Lopes.
Ceasa-03
Segundo ele, 16 mil toneladas de produtos hortifrutigranjeiros são comercializadas por ano na Capital. Com a estrutura oferecida pelo Ceasa, ele acredita que será possível superar este índice.

O processo de transferência dos produtores do entorno do Mercado Municipal Elias Mansour para o Ceasa irá acontecendo aos poucos. Até ontem, apenas 20 deles estavam devidamente cadastrados no local. A expectativa é de que serão necessários três meses para concluir tudo.
A vendedora de pimenta de cheiro e maxixe, Liete Garcia, já está devidamente instalada no local. Animada com o primeiro dia de venda, ela afirma que vai ter que aumentar a produção para poder atender a clientela.

“Ainda não era nem seis horas da manhã e já tínhamos vendido tudo. Os donos de restaurantes e supermercados foram os primeiros a chegar e compraram em grande quantidade. Estou feliz por estar aqui”, disse.

Entre os produtos comercia-lizados no primeiro dia de funcionamento do Ceasa, destacam-se: limão, cebolinha, banana, jambú, goma, mandioca, mamão, laranja, milho, abóbora e peixe. O Ceasa está localizado no Segundo Distrito de Rio Branco, na rotatória da Via Verde, ao lado da Estrada da Sobral, e está aberto ao púbico de 3h30 da madrugada às cinco da tarde. 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation