Cozinha Brasil atende 120 famílias do Conquista

cozinha
Curso foi oferecido durante a semana à comunidade com patrocínio do empresário Leônidas Araújo

Não precisa ter uma dispensa farta para fazer pratos saborosos e saudáveis. Basta ter o básico, do dia-a-dia, e claro, conhecimento para combinar os alimentos que o café da manhã, o almoço e a janta se tornam ricos.

Essa é a proposta do Cozinha Brasil, programa desenvolvido pelo SESI que orienta gratuitamente as famílias brasileiras a fazerem a melhor escolha do alimento que se vai colocar à mesa.

Ao combinar três ingredientes fundamentais para uma boa refeição – qualidade, economia e sabor – o programa Cozinha Brasil ensina à população a preparar os alimentos de forma inteligente e sem desperdício.

Durante esta semana, a equipe do Cozinha Brasil esteve no estacionamento do supermercado Pague Pouco, no bairro Conquista, oferecendo um curso de alimentação saudável para 120 famílias. Quatro turmas de 30 mulheres, na maioria donas de casa, foram abertas nos turnos da manhã e da tarde para atender a clientela.

A orientação, que é totalmente gratuita, teve um patrocinador nesta edição. É o empresário Leônidas Araújo, proprietário da Gráfica Printac. Oempresário afirma que se interessou pelo patrocínio do programa por este representar uma grande ação de responsabilidade social.

“Quando o SESI oferece um curso como esse, ele está melhorando a qualidade de vida da população e até contribuindo que os hospitais fiquem menos lotados. Porque quem tem uma alimentação saudável com certeza tem mais saúde”, destacou seu Leônidas.

O Cozinha Brasil, em andamento desde 2004, foi inspirado no programa “Alimente-se Bem”, do SESI de São Paulo. Desde então, combinando alimentos e temperos a um novo modo de preparo, o programa introduz na vida da comunidade industriária cardápios com alto valor nutritivo e baixo custo.

Aproveitando todas as partes dos alimentos, inclusive o que normalmente é dispensado como caule, talos, cascas, folhas e sementes, os profissionais do SESI ensinam receitas saborosas e nutritivas, respeitando as diversidades regionais. São 30 unidades móveis em todo o país, equipadas com cozinha experimental e didática, onde instrutores e nutricionistas ministram cursos gratuitos.

Atividades desenvolvidas pelo programa

•          Higiene e Manipulação de Alimentos;

•          Educação Nutricional para Gestantes, Lactante e alimentação de Bebês;

•          Educação Nutricional para Agentes de Saúde;

•          A Alimentação no Diabetes;

•          Como se Alimentar Corretamente e Tratar o Excesso de Peso;

•          Cuidando da Hipertensão por meio da Alimentação.

(Assessoria/Fieac)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation