Olimpíada: Acre se mantém na disputa pelos primeiros lugares

Sistema de Transporte de Informação, Eletricidade Predial, Mecânica Diesel, Mecânica de Automóveis e Panificação são as categorias em que a delegação acreana vem se destacando pelo bom desempenho. No terceiro dia de Olimpíada do Conhecimento – que é disputado no Riocentro Centro de Convenções, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ) – os alunos dos cursos de Aprendizagem Industrial de Rio Branco mantêm-se no páreo pelas melhores colocações no ranking final.

De acordo com a diretora regional do Senai/AC, Solange Maria Chalub Teixeira, o quadro praticamente não se alterou do primeiro para o terceiro dia de competições. “Estamos em pé de igualdade. Isso sem mencionar que nossos alunos são de nível básico disputando com concorrentes de nível técnico”, enfatizou.

Segundo Jamis Fernandes, chefe de equipe do Acre, nesse estágio da competição fica mais difícil de obter informações a respeito da pontuação dos alunos. No entanto, o que se pode apurar é que os alunos continuam desempenhando – e completando – suas tarefas em tempo hábil. “Tiramos como base a comparação do desempenho deles com os demais competidores. A Maria Priscianne (STI), por exemplo, está numa disputa acirrada pelo primeiro lugar com o competidor de São Paulo”, garantiu.

CONCORRÊNCIA – Outra que também teve um bom desempenho no primeiro dia foi Lauana Chalub, de Panificação, que chegou a ficar nove pontos à frente de seu adversário de São Paulo – Estado tido como “bicho-papão” da Olimpíada. Ela também compete com alunos do Senai de Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia e Santa Catarina.
Na área de STI, concorrem os estados do Acre, Rondônia, Goiás e São Paulo, sendo que Maria Prisciane é a única mulher entre os competidores. Fábio Reis Pereira, de Eletricidade Predial, disputa com Alagoas, Amazonas, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins, além dos representantes da Argentina, Paraguai e República Dominicana. (Acom Fieac)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation