Nílson Mourão promove sessão solene para debater a Campanha da Fraternidade

A Câmara dos Deputados realizou ontem, sessão solene para homenagear a Campanha da Fraternidade desse ano, que tem como tema “Economia e Vida” e o lema “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro”. A inicia-tiva foi do deputado Nílson Mourão em parceria com parlamentares cristãos de outros estados.

Este ano a Igreja Católica está realizando a Campanha da Fraternidade com outras quatro igrejas cristãs, membros do Conselho Na-cional das Igrejas Cristãs no Brasil (Conic). Além da Igreja Católica, participam do Conic a Igreja Presbiteriana Unida do Brasil, Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, Igreja Episcopal Anglicana do Brasil e a Igreja Sirian Ortodoxa de Antioquia.

Segundo Nílson Mourão, a união das igrejas numa Campanha Ecumênica, é um sinal para todos os cristãos que a solidariedade e a fraternidade é a base na qual a sociedade deve se apoiar para colocar os bens espirituais que unem e agregam, acima dos bens materiais dividem dos homens levando ao egoísmo das riquezas que escravizam. “Realizamos essa sessão solene para dar a possibilidade aos parlamentares de participarem desse debate e receberem a riqueza dos ensinamentos de Jesus. Os políticos tem uma missão especial na sociedade e aqueles que buscam seguir os Evangelhos, estão livres do pecado da corrupção e prontos ao serviço ao invés de buscar serem servidos”, disse Mourão.

Para alcançar os objetivos da Campanha, o Conic propõe como estratégias “denunciar a perversidade de todo modelo econômico que vise em primeiro lugar o lucro”. Propõe, ainda, “educar para a prática de uma economia de solidariedade”, além de conclamar toda a sociedade “para ações sociais e políticas” que levem a uma economia de solidariedade.

Nesta Campanha da Fraternidade Ecumênica, as comunidades cristãs estão convocadas a deixar-se interpelar pelo Evangelho de Jesus: “Não acumuleis para vós tesouros na terra, onde as traças e os vermes arruínam tudo, onde os ladrões arrombam as paredes para roubar. Mas acumulai para vós tesouros no céu” e mais, “Ninguém pode servir a dois senhores: ou odiará a um e amará o outro, ou se apegará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e ao Dinheiro”.

Em seu discurso, o deputado Nílson Mourão ressaltou que a humanidade, capaz de feitos como a ida à Lua, não conseguiu acabar com a fome no mundo. Ele ressaltou os avanços recentes no Brasil, com a diminuição do número de pessoas submetidas à miséria, e disse que esses avanços devem continuar. “As palavras de Jesus nos convidam para uma relação de solidariedade com os pobres, de distribuição gratuita dos dons que recebemos. Temos responsabilidades uns com os outros. O nosso convívio pacífico com grandes diferenças sociais, injustiças e opressão é sinal que ainda precisamos de conversão e mudança de vida que nos leve a construção de uma sociedade justa, fraterna e solidária”, disse o deputado. (Assessoria)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation