Produtores são impedidos de atracar no porto da Capital, denuncia deputado

O deputado estadual Donald Fernandes (PSDB) denunciou através da tribuna da Assembléia Legislativa (Aleac), ontem, 16, que pequenos produtores do Projeto de Assentamento Moreno Maia e dos ramais Beira Rio e Panorama estão sendo impedidos de atracar no porto da Capital com suas mercadorias.
O parlamentar prometeu ainda acionar o Ministério Público Estadual (MPE) para adotar uma providência em relação ao caso. “O que estão fazendo com esses produtores é uma covardia”, protestou. Segundo o deputado, até a polícia está sendo utilizada para reprimir os pequenos produtores.

Francisco Melo da Silva é um dos prejudicados. Ele integrava o grupo de dez produtores que foi a Aleac pedir o apoio de Donald Fernandes. “Eles levam a nossa produção no caminhão do Ceasa e depois trazem de volta para o mercado no Centro, não posso entender isso”, reclama, acrescentando que já começa a perder a freguesia por conta disso.

Segundo Donald Fernandes, os produtores cadastrados na Central de Abastecimento de Rio Branco (Ceasa) têm preferência na hora do desembarque, como ocorre com os oriundos da Transacreana e de Bujari, os demais são repelidos.

O líder do governo na Aleac, deputado Moisés Diniz, admite que existem falhas e se dispôs a intermediar uma conversar entre os produtores e o secretário municipal de Agricultura, Jorge Fadel, para buscar uma solução.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation