Um começo feliz de “Legendários” na Record

“Legendários” na Record foi muito bem realizado. Bela produção, identificação visual perfeita, luz no ponto, inteligente e criativo. Mas não inovador. Está na mesma toada do “Pânico” e “CQC”, com pequenas variações de praxe. Mas, ótimo.

Poderia seguir linha pior. E aí não tem um contra o outro, porque não existe concorrência direta entre eles. “CQC”, “Pânico” e “Legendários” podem conviver perfeitamente e ocupar os seus espaços sem nenhum conflito. Até pouco tempo reclamava-se da ausência do humor na nossa tevê. Hoje a oferta, ao que parece, está no tamanho certo da procura.

Temos aí a Globo com os seus seriados e diversos programas do gênero, em diferentes emissoras, procurando atender o que o público espera de cada um deles.

Em “Legendários” sobrou apenas o jogral. Dispensável. Não precisava.
No geral, é uma outra opção, importante para as noites de sábado. Bom começo. Achei interessante.

Um alô
Está faltando maior cuidado no site da Rede TV!. A relação das afiliadas continua desatualizada e não existe nenhuma informação sobre elas.
Um descaso que não pode existir.
 
Corre-corre
 É o que dá gravar novela a toque de caixa. Nos últimos capítulos de “Viver a Vida”, cenas em Búzios com a atriz Nanda Costa, filha do caseiro, José Mayer no plano geral  aparecia de óculos, e nos closes, da mesma sequência, sem os óculos.
Mágica.
 
E outra
Toda e qualquer atriz sonha, um dia, ganhar o papel de doméstica nas novelas do Manoel Carlos.
São todas bonitas, cheirosas, corpo malhado e trabalhar que é bom, nada.
Não tiram um pó, não passam roupa, não lavam um copo e nem limpam um vidro.
Quem não quer uma vidinha dessas?
 
Quer mais uma?
 “Viver a Vida”, apesar do farto café, almoço e jantar servidos em suas mais diversas cenas, não tem um gordinho ou gordinha na história.
Todo mundo ali no melhor da forma. No peso certo. É quase uma novela do outro mundo.
 
Gol contra 
 O SBT, não é novidade, tem uma parceria antiga e milionária com a Warner que lhe confere exclusividade em filmes, séries e desenhos. Se a emissora possui todo esse acervo, por que insistir com as “Pegadinhas Picantes” no final das noites de domingo?
No instante em que se busca qualidade para a programação, isso joga contra. Um lixo que ainda não foi removido completamente.
 
Está só
Com as viagens de Arthur Veríssimo e Daniela Albuquerque, a jornalista Keila Lima (foto) está sozinha, desde quarta-feira passada e deve continuar durante toda essa semana, no comando do “Manhã Maior” da Rede TV!.
 
Reação
 A má impressão deixada pelo “Casseta & Planeta, Urgente!” na semana passada, em sua volta com programa inédito, repercutiu dentro e fora da Globo.
Mas, gente que vive o dia-a-dia do humorístico, informa que muitas novidades estão sendo preparadas pela equipe para esta temporada. É aguardar.
 
Novo programa
 “Formigueiro”, que ainda pode ganhar outro título, é um novo programa que a Bandeirantes vai estrear no segundo semestre.
Série de reportagens com os brasileiros que vivem fora do país.
 
De volta
 Xuxa chega amanhã ao Brasil, depois de uma passagem pelos Estados Unidos, onde foi homenageada no evento Brazilian Press Award.
Os organizadores decidiram dar um prêmio especial à apresentadora por sua contribuição à programação infantil.
Já no campo musical, Xuxa está finalizando as gravações do próximo “Xuxa Só Para Baixinhos”, CD e DVD.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation