Adesg e Plácido de Castro passam em branco no Quinari

Esperado com grande expectativa, o “clássico do inte-rior”, entre Adesg e Plácido de Castro, acabou ficando no 0 a 0, em confronto marcado por duas expulsões, inclusive a segunda vez de Lelão. O jogo foi realizado na tarde do domingo, no estádio de Senador Guiomard, com um bom público.
Mesmo com os vários problemas extra-campos e inclusive um pequeno tumulto envolvendo parte da torcida e jogadores, a Adesg conseguiu dominar as melhores chances do jogo, em uma partida relativamente equilibrada.

Porém a “macaca” estava solta no estádio no Quinari. Primeiro foi Varlei, da Adesg, que numa dividida contra um adversário, em jogada involuntária, cortou o supercílio, saindo de campo com corte e tendo que ser substituído por Gessê. Tudo transcorria normalmente quando Gessê também acabou cortando a cabeça e também acabou substituido, desta vez por Ezequiel. Este sim não acabou cortado.

O certo é que a Adesg teve a melhores chances jogando em casa, apesar de Plácido também ter criado algumas, inclusive a última do jogo. O resultado deixou Plácido na 5ª colocação, enquanto a Adesg, com apenas um ponto a menos, está na 7ª colocação.

As duas equipes retornam no dia 18, próximo domingo no interior e Capital. Plácido enfrenta o Independência no estádio Arena da Floresta, a partir das 17h30, enquanto a Adesg, mais uma vez em casa, no Naborzão, contra o Rio Branco FC, a partir das 16h.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation