Ulisses quer deixar Vasco onde o encontrou: na 1ª Divisão

Muito mais que um compromisso profissional, o técnico Ulisses Torres, e seu auxiliar, Edson Maria, querem deixar a AD Vasco da Gama do mesmo jeito que a encontraram: na 1ª Divisão do Campeonato Estadual Acreano. Foi desta forma que o técnico começou a entrevista antes do treino preparatório visando o confronto contra o Alto Acre, no estádio Antônio Araújo Lopes, em Epitaciolândia, a partir das 19h.

Para tentar uma reviravolta, que não ocorreu nas cinco primeiras rodadas, a comissão técnica vem trabalhando dentro e fora das quatro linhas. Dentro tentando encontrar a melhor formação, isso sem poder contar com Luís Carlos, expulso pela segunda vez e que deve ficar de fora de praticamente o resto do Campeonato. Fora dele, tentando mexer com os brios dos jogadores e fazerem acreditar que é possível.

“O Alto Acre deve vir com tudo, até porque ainda acreditam na classificação no G4 e jogando em casa, mas acredito na qualidade individual do nosso grupo”, argumenta Ulisses, que desde o início do Campeonato teve a baixa de praticamente oito jogadores, muitos dispensados. “A questão psicológica é importante para este jogo”, afirma.

As apostas da comissão técnica recaem principalmente no atacante Caio, recuperado de uma virose que comprometeu seu desempenho no último jogo, além da força de seus laterais João Paulo e Gilberto. “É um jogo de seis pontos”, disse Ulisses, referindo-se ao fato de que o Alto Acre é o primeiro clube fora da zona de rebaixamento.

Arbitragem – A arbitragem será de José Pinheiro, auxiliado por Gilsomar Lopes e Ismael Sampaio.

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation