Pular para o conteúdo

Convênio Peru – Brasil resgata memória da revolução acreana

A Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), por meio do Departamento de Patrimônio Histórico e Cultural (DPHC), a Fundação Municipal de Cultura Garibaldi Brasil (FGB), e o Instituto de Estudos Históricos del Pacífico (IEHP), com sede em Lima, Peru, assinaram  no dia 6 de abril um Protocolo de Intenções, com a finalidade de poder concretizar ações para o resgate das peças de guerra e a possibilidade de criação de um grande Museu relacionado ao conflito bélico no Acre, que teve lugar no começo do século passado.

Uma nova porta então se abre para o fortalecimento dos laços de integração entre o Peru e o Brasil, nesta oportunidade respeito ao ámbito cultural – histórico.

O documento foi assinado por Daniel Queiroz de Sant’Ana (diretor-presidente da FEM), Suely de Souza Melo da Costa (chefe do departamento de patrimônio Histórico e Cultural), Oscar Ferreira Hare (presidente do IEHP), Francisco Pantigoso Velloso da Silveira (diretor legal do IEHP), Marcos Vinicius Neves (diretor-presidente da FGB) e Cassiano Marques de Oliveira (secretário de Estado de Esporte, Turismo e Lazer).