Reitor da Universidade de Viçosa visita projetos de desenvolvimento

Durante seu último dia de visita ao Estado, o reitor da Universidade Federal de Viçosa, Luiz Cláudio Costa, conheceu alguns dos projetos de desenvolvimento sustentável acreanos que contam com o apoio do Governo do Estado, como a fábrica de pisos e deck’s de madeira manejada, a fábrica de preservativos, Natex, e a Pousada do Seringal Cachoeira. A primeira parada deste dia de visitas, no entanto, foi em Xapuri, onde o reitor fez questão de visitar a casa de Chico Mendes e de encontrar com o prefeito do município, Francisco Ubiracy.Ufaccc
Na companhia do secretário estadual de Meio Ambiente, Eufran Amaral, o reitor foi apresentado às iniciativas de reestruturação do município que pretendem aproveitar o potencial turístico e acadêmico da região. “Pensamos um desenvolvimento de base florestal, mas também com desenvolvimento de tecnologia, melhorando as práticas de manejo da floresta”, explicou o prefeito Bira.

“A Universidade de Viçosa já tem uma parceria estabelecida com a Ufac. E as universidades em geral já estão prontas para dialogar com outros saberes, com os saberes tradicionais da floresta. O Acre já está à frente nisso, e Xapuri é um local simbólico por ser o berço da florestania, o que é muito interessante”, completou o reitor, Luiz Cláudio.

Ele ficou impressionado com o porte e a dinâmica das fábricas de tacos e de preservativos, como empreendimentos que conseguiram agregar valor aos produtos da floresta e, além disso, garantir que a comunidade que sempre viveu da floresta seja diretamente beneficiada.

Aumentar o valor da floresta preservada é um dos grandes objetivos da Política de Valorização do Ativo Ambiental e Florestal. E a grande descoberta do Acre, e o que faz deste Estado diferente dos demais, é reconhecer que para ajudar a floresta é preciso melhorar a qualidade de vida das pessoas que moram nela. No caso da fábrica de tacos, grande parte da madeira é proveniente de planos de manejo comunitário, como é o caso do manejo realizado no Seringal Cachoeira, visitado pelo reitor com grande interesse.

A fábrica de preservativos multiplicou várias vezes o valor do trabalho dos seringueiros, o que já garantiu o retorno à atividade que já vinha sendo abandonada. Sem contar que as tecnologias e boas práticas trazidas pela fábrica, aumentando a qualidade do produto final e melhorando a estrutura da comunidade.

De volta a Rio Branco, o reitor Luiz Cláudio se reuniu com o governador Binho Marques, com quem conversou sobre a política ambiental consistente desenvolvida pelo Estado. “É algo que precisa ser replicado para o Brasil e para o mundo. O Acre é um grande exemplo e conhecer como essa política tem sido colocada em prática é importante para entender melhor como ela se desenvolve”, disse o reitor. (Agência Acre)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation