TJ-AC: prova objetiva marcada para o dia 16 de maio

A homologação das inscrições e os locais de prova do concurso para o Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) estão previstos para serem divulgados ainda esta semana. A Fundação Escola do Ministério Público (FMP), organizadora, já enviou o levantamento para o tribunal, que está fazendo os últimos ajustes antes de liberar o documento. De acordo com a organizadora, o concurso reúne 11.553 inscritos.

A prova objetiva, de caráter eliminatório, está marcada para 16 de maio. Os concorrentes às vagas de nível médio farão 50 questões, enquanto os de superior responderão a 80. As disciplinas variam de acordo com os cargos pretendidos, porém, todos serão submetidos a questões de Língua Portuguesa. O exame será aplicado na capital, Rio Branco, e em Cruzeiro do Sul. Nesse mesmo dia, será realizada também a redação.

Aqueles que competem ao cargo de taquígrafo (nível superior) passarão ainda por exame de digitação. Para ser selecionado, o candidato deverá alcançar até a 40ª colocação na prova objetiva e redação.

De acordo com o presidente do TJ-AC, desembargador Pedro Ranzi, todos os classificados serão chamados e ainda poderá surgir mais vagas do que as previstas no edital. “À medida que formos precisando, vamos chamando, mas todos serão convocados. Acredito que possamos chegar a chamar 400 durante a validade”, afirmou.

Ranzi disse ainda que o objetivo do concurso é renovar valores. “Queremos trazer servidores qualificados. Nós somos prestadores de serviço público e, por isso, queremos fazer isso bem”, enfatizou o presidente do tribunal, premiado entre
os dez melhores de 2009.

A remuneração inicial é de R$1.366,79 para cargos de nível médio, e R$2.598,16, para superior. Além disso, o órgão dispõe diariamente de um clínico-geral e um odontólogo, sem custo adicional. Para todas as funções, a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Serviço
Homologação de inscrições e cartões de inscrição: www.fmp.com.br (Folha Dirigida)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation