Falso advogado que tirou OAB no Acre é desmascarado em SP

Um falso advogado que tirou seu registro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Acre e transferiu há três anos para São Paulo foi desmascarado na última terça-feira. Por mais de uma década, Raimundo Isidro da Silva enganou muitas pessoas.

falsoadd

Em reportagem do jornalista César Tralli, ao jornal Nacional, Isidro disse atuar como advogado há 12 anos. Sua inscrição na OAB teria sido feita com base num diploma de bacharel de Direito, supostamente da Universidade Braz Cubas.

No entanto, por carta o reitor da universidade informa que Raimundo nunca pisou na sala de aula, tampouco foi matriculado em nenhum curso de Direito na instituição.

A polícia não tem nenhuma dúvida. “Ele será indiciado formalmente em inquérito policial pelos crimes de uso de documento falso, falsidade ideológica e exercício irregular da profissão”, afirmou o delegado Carlos Eduardo Carvalho.

Isidro será também investigado pela OAB em São Paulo. “Aquele que eventualmente tem sua inscrição obtida com algum documento falso ou com uma declaração falsa responderá civil e criminalmente e terá sua inscrição cassada se comprovada a fraude”, explicou Luiz Flávio Borges D’urso, presidente da OAB-SP.

Desde que conseguiu transferir o registro de advogado do Acre para São Paulo, três anos atrás, Raimundo Isidro já atuou em 70 processos de todos os tipos, em todas as instâncias, 55 estão em andamento. A revisão de cada um deles vai depender das partes envolvidas e dos juízes que atuam nos casos.

A radialista Angela de Oliveira é uma das clientes do falso advogado. No processo em que foi condenada a indenizar um ex-sócio, o juiz destacou um erro grosseiro na atuação de Isidro. Agora, Angela quer a anulação da sentença.

“Eu o contratei em busca de uma defesa, e estou sendo vítima hoje de um advogado, um suposto estelionatário”. (Com informações da Globo.com)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation