Pular para o conteúdo

Alencar declara apoio à jornada de 30 horas para enfermeiros

Brasília – O vice-presidente da República, José Alencar, recebeu representantes do Conselho Federal de Enfermagem, do Conselho Regional de Enfermagem – SC, da Associação Brasileira de Enfermagem, além do deputado federal Décio Lima (PT-SC) e a deputada estadual Ana Paula Lima (PT-SC).
Alencar
 O encontro, que aconteceu na última quarta-feira (14), no Anexo do Palácio do Planalto, teve como objetivo apresentar ao vice-presidente da República o PL 2.295 – que trata da jornada de trabalho de 30 horas dos trabalhadores da Enfermagem -, assim como obter seu apoio político para que seja votado na Câmara Federal. “Eu reconheço o trabalho dos enfermeiros. Minha esposa, Marisa, é enfermeira, e foi ela quem cuidou de mim quando fiz colostomia”, contou Alencar.

 José de Alencar recebeu os documentos referentes ao Projeto de Lei, especialmente sobre o impacto financeiro do projeto elaborado pelo Dieese. Ele leu atentamente toda a documentação e ainda ouviu do Conselheiro Federal licenciado, Gelson Albuquerque, que os hospitais públicos apresentaram documentos aos ministérios do Planejamento e da Fazenda contra o projeto, contendo dados equivocados, mas a enfermagem não teve acesso aos mesmos. “Ficamos sabendo pela imprensa, pelos deputados, mas não sabemos do real teor do material”, disse o conselheiro licenciado.

Imediatamente, o vice-presidente ligou para o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, pedindo mais informações sobre o parecer do ministério. “Meu amigo, espero que você nunca precise, mas se um dia precisar, verá a importância do trabalho do enfermeiro”, disse Alencar ao ministro.

“Estou ao lado de vocês. Passei por 15 cirurgias e acho que trabalhar 30 horas é muito importante para os enfermeiros. Só preciso saber como ajudá-los”, explicou.

Ele pediu, então, que os representantes das entidades reúnam todo material sobre o projeto e deixem nas mãos dele para que possa ajudar. “Preciso de todas as informações, precisas e seguras, e me comprometo a ajudá-los. A causa é nobre”, garantiu o vice-presidente.

 A audiência foi marcada pela presidente do Coren-SC,  Dra. Denise Pires, que agradeceu José de Alencar por abrir a agenda da vice-presidência para atender a enfermagem brasileira. (Assessoria)