Grupo Araújo apóia anteprojeto de troca de lixo reciclável

Autora da proposta, Ariane Cadaxo, esteve reunida ontem com os gestores da empresa
A vereadora Ariane Cadaxo (PC do B) se reuniu ontem de manhã com um grupo de gestores da Rede de Supermercados Araújo. Na oportunidade, ela apresentou os benefícios do Anteprojeto que propõe a troca de lixo reciclável por desconto na conta de energia elétrica das famílias de baixa renda e instituições filantrópicas.

A parlamentar esteve no escritório da empresa a convite dos próprios gestores. Durante o encontro, eles demonstraram interesse em participar do processo como apoiadores, tendo em vista que o grupo já realiza ações sociais permanentes no Estado e no município, voltadas para a melhoria da qualidade de vida da população e do meio ambiente.

“A gente quer contribuir com esse projeto”, ressaltou a gerente de contabilidade da Rede, Nazaré Lima de Araújo. Segundo ela, a empresa produz muito lixo administrativo, ou seja, papel e papelão, que poderiam ser transformados em renda para as pessoas de baixo poder aquisitivo.

Para a empresária, a viabilização do projeto faria com que outras empresas também dispusessem de um maior serviço de coleta por parte do município e também abraçassem a idéia. “Essa é uma forma de estimular a coleta seletiva no nosso município”, acrescenta.

Nesse caso, a economista lembra que todos os supermercados da Rede Araújo já possuem o serviço diferenciado de seleção de lixo. Ela sugeriu ainda que tal tema também seja levado para as escolas da rede pública. O objetivo seria a conscientização da classe estudantil, tendo em vista a importância dela na formação de novos hábitos na sociedade.

O diretor administrativo da Rede, Edvaldo Fortes, destacou que o lado social do projeto chama a atenção, já que aponta para a geração de benefícios tanto para a vida das pessoas como para a preservação do meio ambiente.

Já a vereadora Ariane Cadaxo se mostrou otimista diante do interesse dos empresários e garantiu que tal atitude lhe serve de reforço na defesa da proposta na Câmara de Rio Branco. “Muita gente está abraçando essa idéia e, esperamos, sinceramente, que a viabilização dela facilite a vida das comunidades pobres”.  (Assessoria)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation