Pular para o conteúdo

Petecão quer hospedaria para TFD

pete

O deputado Sérgio Petecão (PMN) solicitou à Mesa Diretora da Comissão da Amazônia da Câmara dos Deputados,semana passada em Brasília, a realização de audiência pública para debater sobre a instalação de um Hotel de Passagem em Goiânia (GO). O hotel serviria para abrigar acompanhantes e pacientes de toda a região amazônica que fazem Tratamento Fora Domicílio (TFD) na capital goiana. A idéia é convidar à audiência pública o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, a fim de debater e consolidar a iniciativa. Em seguida, seria a vez de acionar o Governo Federal a entrar na empreitada que vai beneficiar o tratamento de pacientes de toda a região Norte. “É uma iniciativa que pretende mobilizar as bancadas de todos os estados da Amazônia Legal,cujos doentes serão diretamente contemplados com um local seguro e confortável para hospedagem durante o tratamento”,disse.

De acordo com o deputado,o problema mais urgente e complicador dos doentes do TFD sempre foram à questão da hospedagem e alimentação.São ,na grande maioria, pessoas extremamente carentes obrigadas a fazer tratamento fora do estado de origem.E o pior,disse o parlamentar, é que não contam,muitas vezes, sequer com recursos suficientes para os próprios medicamentos.A instalação de uma hospedaria pública da região Norte em Goiânia viria suprir parte fundamental das necessidades destes pacientes.Seria no mínimo estratégico uma vez que a grande maioria dos pacientes de TFD do Norte do país procura a cidade de Goiânia para tratamentos delicados e extensos que requerem longas temporadas e um mínimo grau de conforto.

O deputado argumenta que em vista da grande procura do TFD pela capital goiana, só uma mobilização de toda a bancada da região Norte poderia dar uma resposta a médio prazo para a questão da hospedagem durante o tratamento.”Há muito tempo a questão permanece sem solução,com o sofrimento e as privações de inúmeros pacientes do TFD que vem à capital goiana muitas vezes para a realização de um tratamento de vida ou morte”.Para o deputado, a questão requer um esforço suprapartidário para sensibilizar as autoridades responsáveis e dar uma resposta efetiva para um problema crônico que atormenta os pacientes de TFD a décadas.”O importante é unir esforços , chamar a atenção e exigir que seja dado aos pacientes do TFD um tratamento minimamente digno. E isto passa, com toda a certeza, pela construção de um hotel de passagem”. (Assessoria)