Pular para o conteúdo

Prefeito em exercício acha que a saúde é o principal problema de Rio Branco

O vereador Juracy Nogueira (PP) teve seus 10 dias como prefeito de Rio Branco. Com a viagem à China do titular Raimundo Angelim (PT), o secretário da Câmara Municipal, assumiu porque o vice, Eduardo Farias (PCdoB), e o presidente da Câmara, Jessé Santiago (PSB), são candidatos nas próximas eleições e ficariam inelegíveis caso assumissem. No quadro Boca no Microfone, da GAZETA FM, para os jornalistas Eliane Sinhasique e Nelson Liano, o vereador confessou nunca ter imaginado que chegaria ao cargo executivo da Capital. “Para mim, foi surpresa ser prefeito de Rio Branco”, disse humildemente.
Juracy-prefeito-2304
Quanto às suas atribuições o vereador-prefeito sentencia: “a gente tem procurado fazer dentro dos limites e das diretrizes da Frente Popular para que o prefeito Angelim receba a cidade do jeito que deixou”, afirmou.  Quanto ao grande número de candidatos da Câmara Municipal nas próximas eleições, Juracy concorda que pode ser frustrante para os eleitores que os elegeram em 2008. “Respeito os que são candidatos. Mas concordo que quando uma pessoa vota num político é porque confia nele. Quando passa dois anos e eles já buscam outros cargos, frustram a con-fiança dos eleitores”, avaliou.

Quanto ao principal problema do município que detectou durante o mandato relâmpago, o vereador não esconde. “A Saúde. Não a Saúde em geral, mas no que se refere a médicos. Existem poucos médicos na saúde municipal e muitas reclamações sobre isso. Recebi a informação dos técnicos do setor que todos os médicos que fizeram o concurso já foram chamados, inclusive, os reservas. E a maioria já saiu por serem de outros estados e não se adaptarem. O salário dos profissionais é pequeno por conta do orçamento da prefeitura ser reduzido. Com a lei de Responsabilidade Fiscal, que tem que ser seguida, a prefeitura não pode pagar igual ao Estado. E isso incentiva os médicos a pedirem demissões”, argumentou.

Quando começaram as perguntas dos ouvintes, Juracy Nogueira admitiu que algumas áreas de Rio Branco já estão sem o fumacê de combate a dengue. “Estão mais nas áreas afetadas onde tem mais casos de dengue. Em alguns lugares está parado. Mas basta às pes-soas ligarem para a Vigilância Epidemiológica para pedirem o serviço de prevenção”, respondeu.

O prefeito em exercício também destacou o que mais fez nesses dias de mandato. “Atender pedidos das pessoas. Elas não entendem que estamos apenas por 15 dias como prefeito. A gente fica triste por não poder atender todos. Mas infelizmente tem muitas coisas que nos impedem. Estou prefeito e não sou prefeito. Não quero enganar as pessoas com mentiras”. Outro ponto ressaltado por Juracy foi à fidelidade ideo-lógica ao grupo que dirige a prefeitura. “A FPA tem uma diretriz e todos nós que somos de lá temos que seguir. Jamais vamos tomar atitudes que venham causar a desordem na prefeitura de Rio Branco. Sou consciente dos meus limites. A gente até poderia tomar algumas decisões, mas não deve”, finalizou.