Nada a ver

O “Mais Você”, da Ana Maria Braga, está e vai continuar no Rio de Janeiro. Não existe essa de caminho de volta. A mudança para São Paulo, segundo a Globo, nunca foi cogitada.

Não fosse o investimento realizado, o que isso iria alterar na ordem das coisas?

A crise de criatividade na TV brasileira – Parte 2
A respeito da terrível crise de criatividade que toma conta de quase todas as tevês, aqui colocada na edição de sábado, um dos seus mais importantes diretores – exceção no meio disso e que sempre batalha para alterar tal estado de coisas – se manifestou a respeito:
“só existe uma explicação para tudo: a caretice e o envelhecimento dos comandantes das emissoras. Ficou tudo muito formal e o artístico está deixando de ter voz. Uma vez que quem decide não faz, é melhor optar por fórmulas já testadas que correr riscos. Tem gente tentando, mas escalar esse muro está cada vez mais difícil. Existe e sempre existiu uma alma criativa e genial na TV Brasileira. Quem quer botar a mão no fogo? O primeiro que arriscar vai apanhar, lógico. Quem sabe voltamos a ser uma  TV que tenta e inventa, fazendo uma TV diferente!”
 
Disse tudo. Brilhante. Nada a acrescentar.
 
TV Tudo
 
Parafuso
 
Por favor, verifique se não é coisa pra deixar qualquer um meio assim. A CNT, canal 25 da Sky, em Jundiaí, SP, anuncia para os domingos, 9 e meia da noite, o programa “No Pique”, com Roberto Avallone. Só o que sempre entra no horário é o “Balanço Esportivo”, também da mesma emissora, mas gerado do Rio de Janeiro.

Chamam uma coisa, e apresentam outra. Complicado.
 
Olha só
Ronaldo, o Fenômeno, é o mais novo sócio do C.A. Paulistano, em São Paulo.
Toda a sua documentação, a de sócio familiar, foi assinada na última sexta-feira.
 
Carregando no creme
A novela “Uma Rosa com Amor”, do SBT, em muitas das suas cenas, tem apresentado ações de merchandising da Jequiti Cosméticos, não por acaso, outra empresa do Grupo Silvio Santos.
Nada contra, só é necessário fazer com maior sutileza. Ou elegância.
O que hoje se vê é a Isadora Ribeiro, forçada, quase o tempo todo, se perfumando ou se lambuzando com os diversos cremes da marca.
 
Pelo excesso
O programa “Legendários”, da Record, tem revelado que ainda necessita de certos ajustes. Está longe do ponto ideal.
E com certeza um dos seus problemas mais sérios é o elevado número de participantes. Alguns, por sinal, sem justificar a que vieram. 
  
Cinema é prioridade 
Selton Mello também teve convite da Globo para “Lado a Lado”, substituta de “Passione”, na Globo, mas não aceitou.
Preferiu priorizar seu trabalho no cinema.
Agora, fica a expectativa para “A Cura”, seriado de João Emanuel Carneiro, da mesma emissora. Se ele vai fazer ou não, porque ainda está envolvido em “O Palhaço”, seu novo filme.
 
Suporte 
O historiador Maurício Santos, que colaborou com a autora Vivian de Oliveira em “A História de Ester”, também fará um trabalho de consultoria na próxima minissérie da Record, “Sansão e Dalila”, escrita por Gustavo Reiz.  
 
Rir do quê? 
Pegadinhas de gosto bem duvidoso ainda são exibidas pelo “Programa Silvio Santos” nos domingos do SBT. E nenhuma com menos de 10 anos de vida.  Festival do arquivo.
Complicado achar graça de qualquer situação que envolva arma de fogo, mesmo na base da brincadeirinha. É, antes de tudo, uma coisa bem irresponsável.
 
Vem aí 
No próximo sábado acontece a estreia de “O Infeliz”, sátira do “Aprendiz Universitário”, no programa “Show do Tom”, na Record.
Participações de Carlinhos Silva, Vinicius Vieira e Heitor Martins, entre outros. Pelas chamadas, promete.
 
Pacote
José Roberto Sanseverino, diretor de “Anjos do Sexo”, já tem prontos os oito primeiros episódios. Está no tempo. A Bandeirantes só irá promover essa estreia depois da Copa da África.
O seriado reúne em seu elenco fixo 16 atores, além das participações especiais, e é gravado no núcleo de dramaturgia da emissora no Rio de Janeiro.      
 
Superação 
Legal a presença do Luciano Huck no último “Altas Horas”, do Serginho Groisman. E isso depois de 10 anos de Globo.
Antes tarde do que nunca. Broncas devidamente arquivadas. Espera-se que o Serginho faça o mesmo nos próximos dias e retribua com uma visita ao “Caldeirão”.
 
Pior volta no domingo
A ausência de Evandro Santo, Christian Pior, nas edições do “Pânico”, na Rede TV!, levantou suspeitas e preocupações, o que levou o próprio artista, via Twitter, a tranquilizar seus fãs: “ Não, gente, o ‘Meda’ não acabou, não saí do Pânico e estou vivo!”, declarou.
Pra colocar uma pedra em cima disso, o diretor Alan Rapp, procurado pela coluna, também se manifestou: ”Domingo que vem teremos mais um maravilhoso quadro do nosso querido Evandro. Aguardem”.
 
Bate – Rebate
 
•       Giovanna Antonelli até se esforça, mas não consegue mais disfarçar a barriguinha em “Viver a Vida”. E na novela ela já teve a criança.

•       Amanhã, com a transmissão de Corinthians e Flamengo, já se entende que a Globo terá a sua maior audiência com futebol neste ano.

•       Tadeu Schmidt sempre um craque. Muito boa a matéria com os meninos do Santos, domingo, no “Fantástico”.

•       A Fórmula 1 volta domingo, 9 da manhã, na Globo. É o GP da Espanha.

•       Na Rede TV! tudo é muito demorado. Ainda não existe a definição sobre o apresentador de “O Último Passageiro” e nem mesmo da sua data de estreia.

*     A Bandeirantes decidiu mesmo escancarar suas portas para o conteúdo de produtoras independentes.

*     Se já não bastasse a argentina Cuatro Cabezas(“CQC”, “Polícia 24”, “A Liga” e “Formigueiro”), haverá, ainda, parcerias com Endemol e Fremantle.

•       Rodrigo Faro, apresentador de “O Melhor do Brasil”, tomou gosto pela coisa. Agora, vai imitar a cantora Lady Gaga. Grava dia 11. 

•       Dedina Bernardelli, como uma viciada em sexo pela internet, gravou o “Anjos do sexo”. 
 
 
C´est fini
 
E com a criatividade em baixa, a palavra “repórter” faz parte de pelo menos cinco programas jornalísticos da televisão atual, distribuídos por Globo (dois), Record (um) e SBT (dois). Além de outros do mesmo gênero, mas com nomes diferentes.

Complicado é constatar que o Goulart de Andrade, que muitos dizem, deu início a tudo isso, permanece parado à espera de uma oportunidade.
 
Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Assuntos desta notícia

Join the Conversation