SBT paga caro pelos seus próprios erros

A luz vermelha ou o alarme da Anhanguera – ou até os dois juntos – foram acionados na tarde de sexta-feira e alertaram imediatamente Silvio Santos, em férias nos Estados Unidos, sobre a necessidade de agir imediatamente na programação do SBT, sob o risco de perder o 3º lugar.

A Bandeirantes, de acordo com os últimos resultados e dos bons produtos de sua grade, deixou de ser uma simples ameaça. Hoje é uma ameaça completa.

E o que foi feito? Na falta de tu, vai tu mesmo, decidiu-se pela reprise da velha, esmerilhada e não tão bem-sucedida “Ana Raio e Zé Trovão” – produção da Manchete na década de 1990, para entrar no ar a partir do próximo dia 7.

E o que isso vai resolver? Rigorosamente nada. É algo assim como menosprezar a inteligência ou sensibilidade do telespectador. Em tempos de HD ou 3D, como aceitar uma novela em U-Matic?

A queda de audiência do SBT se deve sim a falta de melhores produtos na sua grade, mas televisão nenhuma no mundo resiste a tantas decisões equivocadas. Inclusive as mais recentes, como mudar programas de dia e horário, cancelar as suas chamadas e se fazer obrigatoriamente 3 intervalos – de 4min30 cada um – a cada hora. O festival do calhau.  Tudo isso, somado, é que provoca esse caos.

 A Bandeirantes poderá ao longo dos próximos dias vir a ocupar o 3º lugar por méritos próprios, mas também – ou principalmente – pelos inúmeros enganos cometidos pelo SBT.
 
TV Tudo
 
Escolinha
  
Marcos Schechtman, diretor de “Girassol” – próxima das 6 na Globo, além de trabalhar na escolha de nomes para fechar o elenco, também prepara uma sequência de workshops, que contará inclusive com a participação de profissionais da Unicamp.

No início de junho eles darão palestras aos atores, no Projac, sobre o Araguaia, onde a história será ambientada.
 
Trabalho marcado
“Girassol”, do Walther Negrão, já tem o seu início de gravações confirmado para o começo de julho.

Inicialmente, em externas, durante um mês no Araguaia.
 
Esquecido 
O “Qual é o seu talento?”, do SBT, vai gravar, nesta semana, duas edições voltadas para o público infanto-juvenil, com participação de artistas de circo e crianças. Ainda não têm data de exibição.

Esse é outro que está sofrendo diretamente com a falta de chamadas. Mas reclamar pra quem?
 
Está definido
O “Central da Copa”, na Globo, terá pelo menos três edições diárias.

Uma pela manhã com Luís Ernesto Lacombe e outras duas, tarde e noite, com Tiago Leifert. Todas direto do Rio.

Os horários, porém, serão ajustados de acordo com as transmissões da África. Estreia dia 7.
 
Voo solo
Ao contrário de outros líderes evangélicos, que hoje preferem fazer uso dos seus mais recentes modelos de helicópteros ou jatinhos, RR Soares foi um passageiro comum e solitário na ponte-aérea do último sábado, viajando do Rio para São Paulo.

Enfrentou sem estresse as filas do check-in e do embarque.
 
Próxima das 7
O elenco de “Ti Ti Ti”, liderado por Alexandre Borges, Murilo Benicio, Cláudia Raia e Malu Mader, entre outros, grava em São Paulo até o dia 12 de junho.

Só depois os trabalhos terão início nos estúdios do Projac, no Rio. A equipe, como se sabe, já teve uma passagem por Belo Horizonte.
A novela estreia dia 19 de julho, na sequência de “Tempos Modernos”.
 
Nos mínimos detalhes
Mauro Naves, repórter esportivo da Globo, está com o seu roteiro fechado. E organizado.

Depois dessa fase preparatória em Curitiba e acompanhar a Copa na África, ele irá direto para a Europa e depois aos Estados Unidos, em férias com a família.
 
Última forma 
A Globo não vai mesmo apostar em uma minissérie sobre a trajetória da dupla Chitãozinho & Xororó, que comemora 40 anos de carreira. Isso é definitivo.
 
Mas a autora Edmara Barbosa, filha do Benedito, que estava envolvida no projeto para a TV, não pretende desistir. Ela está, agora, desenvolvendo uma versão para o cinema.
 
Palavra da Record
A respeito de nota aqui publicada, sobre três redes – SBT, Record e Band – com as suas séries disputarem o mesmo público na faixa das 9 da noite, o vice-presidente comercial da Record, Walter Zagari, informa que no caso da sua emissora os resultados são excelentes.

Segundo ele, as médias de audiência estão sempre acima dos 10 pontos e o faturamento no horário também é muito bom.
 
Cruzamento de mídias 
São cada vez mais raras as exibições de videoclipes no “Fantástico”, da Globo, até porque chegou-se a conclusão que música não dá Ibope.

Assim, para que Zezé di Camargo e Luciano pudessem aparecer na edição do último domingo, era necessário algo a mais. E a internet foi a solução.
A promoção rendeu mais de 35 mil fotos e uma delas entrou no clipe.
 
Posto de observação
O “Pânico” foi muito bem domingo. Bateu seu próprio recorde, com 13 de audiência no consolidado.

Só não se entende uma coisa: o programa tem lá as suas raízes na Jovem Pan, mas nos gols – quando colocados no ar – entram gravações da rádio Bandeirantes. No caso de domingo, José Silvério e Ulisses Costa.
 
Bate – Rebate
•       Caroline Celico, mulher do jogador Kaká, acompanhou a amiga Cláudia Leitte, domingo, no programa do Faustão.

•       Tom Cavalcante é o principal prejudicado com a baixa audiência de “Legendários”. Está pegando baixo.

•       Chamada de embarque – A maioria do pessoal que vai cobrir a Copa do Mundo embarca esta semana para a África.

•       Edwin Luisi, que também já foi da Globo, estará em “Vivendo o Amor”, na Record.

•       A Globo Internacional fará, com equipe própria, a cobertura da Copa da África.

•       Assim que terminarem as gravações de “Bela, a Feia”, a atriz Marcela Barrozo segue para os Estados Unidos.

•       Eliana, agora com o reforço do “Namoro no Escuro”, empatou com Ana Hickmann, na estreia do quadro: 9 pontos a 9.

•       Luigi Baricelli será uma das atrações de logo mais no  “Casseta & Planeta”, na Globo.

•       Ainda no “Casseta”, Marcius Melhem e banda Calypso gravam participação hoje no programa.
 
C´est fini
Kalled Adib, superintendente de operações da Rede TV!, esteve sempre à frente de todo o processo que colocou o 3D, domingo, no “Pânico”.
Ele e equipe.
 

Com a exibição da novela “Ana Raio e Zé Trovão” às 10 da noite, é normal se esperar por novas alterações na grade do SBT. Só que ainda existem dúvidas a respeito: ou Silvio Santos acaba com as séries das 9 da noite ou irá sacrificar uma faixa da linha de shows.

Todas as mudanças irão acontecer justamente na semana da abertura da Copa. Complicado.
 
E é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Assuntos desta notícia


Join the Conversation