Pular para o conteúdo

Gazetinhas 06/05/2010

* Hoje, 51 dias sem Fabrício Augusto.

* Seis adolescentes e oito adultos estão detidos por envolvimento no sumiço do garoto.

* Até agora o que temos é o maior pacto de silêncio que já se viu na história dos crimes acreanos.

* É melhor chamar a Polícia Federal.

* Quando não se consegue resolver uma questão, não é feio pedir ajuda. É até muito nobre reconhecer que, em determinados momentos, precisamos de parceiros.

* Precisa-se resolver a questão. A família e o povo querem resposta.

* A Plasacre, empresa de reciclagem de plástico, entrará em funcionamento efetivo em junho.

* Ecologicamente correta, a empresa promete 300 empregos e produtos de plásticos mais em conta para o mercado interno.

* A novidade será a telha de plástico com pó de serra. Leve e com grande resistência e durabilidade.

* Outra empresa que quer se instalar por aqui é o Instituto Paper da Chamex.

* Já estão fazendo os contatos para verificar a viabilidade de reciclar o lixo de papel por aqui.

* Que venham!

* Ruas tijoladas, há mais de 20 anos, no Conjunto Tucumã, nunca precisaram de reparos.

* Não venham me dizer que o asfalto é bem melhor.

* O que vemos é um desperdício de dinheiro enorme com a manutenção do asfalto da cidade.

* Tijolos nas ruas transversais ainda é a solução ecologicamente correta. O tijolo absorve a água das chuvas, é maleável, se movimenta com o solo e fica muito mais bonito.

* Se custa o mesmo preço que o asfalto, é preferível tijolos. Manutenção zero e muito mais empregos nas olarias.

* O Acre é internacional.

* Rubber soldiers. “Soldados da Borracha” é um filme docu-mentário que estará, no final do ano, em Hollywood.

* A diretora é Eva Neide, uma acreana de um seringal de Feijó que ganhou o mundo e hoje, depois de 3 anos de trabalho, volta ao  Estado para finalizar o filme e ver seu velho pai, soldado da borracha, que sofreu dois derrames.

* A cobrança de ICMS “por dentro” só acontece mesmo nas contas de luz. Nas de telefone é ICMS sobre o consumo e ponto.

* Já passa da hora de os deputados estaduais sentarem, discutirem e apresentarem uma nova proposta para o cálculo do ICMS na energia.

* Informações do TRE, Tribunal Regional Eleitoral, dão conta de que mais de 50% dos eleitores acreanos são analfabetos.

* Não acredito. Quando fiz meu título, há 22 anos, eu não tinha o segundo grau e hoje sou pós-graduada.

* Nunca voltei ao cartório eleitoral para informar minha situação acadêmica.

* E você leitor? Voltou ao cartório alguma vez?

* Para que se tenha um perfil dos eleitores acreanos é preciso fazer um recadastramento.

* Eliane Sinhasique – substituta.