Política local 15/05/2010

“Não temos nenhuma pressa para encerrar a CPI”.

Deputado Luiz Tchê (PMN), que preside a “CPI da Pedofilia”.

Pressão interna
Os dirigentes do PTB estão sofrendo pressão interna de candidatos para reavaliar a aliança com a Frente Popular. Defendem uma coligação com o PMDB. A alegação é que mesmo sendo o único dos “nanicos” a ter tempo no horário gratuito do TRE, o partido ainda assim é visto com desdém pelos cardeais da FPA. “Se agora esnobam, avaliem quando ganharem”.

Decisão tomada
Uma decisão já foi tomada pela direção do PTB: deixar a convenção regional para o último dia permitido pela legislação para que se possa ava-liar com mais acuidade essa nova situação.

Medo de lingüiça
Entre dirigentes do PTB há também certo desconforto de se repetir o que ocorreu na primeira eleição do prefeito Angelim, onde nada do que foi acertado pela FPA com o PTB foi cumprido.

Derrubada certa
É bem intencionada a decisão do MPE sobre a contratação de médicos sem CRM por prefeitos do interior, mas é ilegal: não vai resistir a um leve sopro jurídico quando chegar aos tribunais.

Salários imorais
Faltam médicos no inte-rior porque os prefeitos pagam salários miseráveis aos profissionais.

Dentro da lei
O Estado e a PMRB não contratam médicos sem o CRM. E a PMRB vetou recentemente, o projeto do vereador Astério Moreira (PRP), que dava privilégios a quem faz medicina na Bolívia.

Forte concorrente
A candidatura do empresário Janaldo (DEM) que, mesmo da oposição tem laços empresariais com o governo do PT, é sério candidato a ter uma das campanhas mais caras à Aleac.

Também ao TRE
A sugestão que vou dar sempre no decorrer desta campanha é que todo tipo de denúncia contra o abuso do poder econômico não se limite à coluna, mas seja extensiva ao TRE.

Não vou enganar
Às vezes sou questionado por dirigentes da oposição sobre por qual motivo coloco o senador Tião Viana (PT) como o favorito ao governo? Não sou eu, são as pesquisas que apontam.

Muito simples
Todas as pesquisas até aqui, inclusive, da oposição, dão esse patamar ao senador Tião Viana (PT). No dia que for registrada pesquisa no TRE dando Tião Bocalom (PSDB) na frente, publico.

Luta meritória
É meritória a luta da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) em derrubar multas aplicadas aos pequenos proprietários rurais, porque a grande maio-ria foi arbitrária.

Barba de molho
O vice-prefeito Eduardo Faria (PCdoB) trate de se mobilizar para conseguir a segunda vaga prevista para o partido na Aleac, porque a primeira é garantida ao deputado Moisés Diniz.

Euforia com cautela
Mesmo liderando bem até aqui as pesquisas para a segunda vaga do Senado, o deputado federal Sérgio Petecão (PMN) passa o dia virando os bairros da Capital, fazendo reuniões.

Nada decidido
Sabe que mesmo na dian-teira a parada não será fácil porque a campanha nem começou.

Tudo no vídeo
Dos candidatos ao Senado, Jorge Viana (PT) e João Correia (PMDB) são os que possuem melhor verbalização na televisão. É nisso que Correia vai apostar para brigar pela segunda vaga.      

Análise burra
É um tremendo equívoco político dos dirigentes da FPA a avaliação que o prefeito de Cruzeiro do Sul, Wagner Sales (PMDB), está mal e não será um bom cabo-eleitoral nesta campanha.

Mal com os adversários
Wagner está mal com a elite financeira de Cruzeiro do Sul por cobrar impostos justos sobre suas propriedades. E essa turma é adversária: apoiou e votou no Zinho (FPA) para prefeito.

Pintar de ouro
Como mama no governo, essa turma, em qualquer circunstância, será contra o Wagner.

Calado ficou
O deputado Chico Viga (PT) vai encerrar o mandato sem fazer um único pronun-ciamento na  Aleac. E ninguém se admire se ele se reeleger para liderar de novo a “bancada dos mudinhos”.

Elucidar rápido
A polícia tem que ser célere na elucidação do crime contra o vereador Pinté (PP), ocorrido em Acrelândia. Fala-se em prisões já ocorridas, nada além. Urge uma solução para se tirar de vez a dúvida se foi mesmo um “crime político” como se propaga em todo o município, ou então para inocentar os políticos do município colocados sob suspeição popular de serem os mandantes.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation