Política local 21/052010

“Fomos enganados pelos deputados e pelo governo”.

Presidente do Sindicato dos Policiais Civis, Buriti.

Conversa para boi dormir
Fui aclarar ontem com o deputado federal Flaviano Melo (PMDB) os boatos que disputaria o Senado. Foi textual: “isso é conversa para boi dormir, nunca aventei a possibilidade, temos chapa própria e serei candidato à Câmara Federal”. Confirmou também que o PMDB irá com a candidatura de Rodrigo Pinto (PMDB) ao governo e também de chapa puro-sangue à Aleac.

Estratégia montada
O PMDB montou uma estratégia correta para conseguir alcançar legenda para deputado federal: terá um candidato disputando a eleição nesta área em cada município do interior.

Candidatos garantidos
O prefeito de Cruzeiro do Sul, Wagner Sales (PMDB), vai entrar com sua cota garantindo várias candidaturas do PMDB a deputado federal na região do Vale do Juruá para crescer a legenda.

Fim da mordomia
Os candidatos da coligação puxada pelo PSDB vão colocar Sérgio Petecão (PMN) na parede: ou leva o PMN para o chapão, que disputará vagas na Aleac, ou então não o apoia-rão ao Senado.

Mar de rosas
O deputado Luiz Gonzaga (PSDB) diz que é um mar de rosas para o Petecão, todos se matando no chapão e o seu PMN de chapa puro-sangue para eleger sua irmã a deputada estadual.

Comeu o fel
É a velha história de na campanha quem come o mel tem que comer o fel.

O agradecimento
Vai o agradecimento aos colegas da redação que fizeram a coluna nos últimos dias enquanto dei uma esticada para uma pescaria nos piscosos rios bolivianos.

Projeto vergonhoso
O Sindicato dos Policiais Civis tem razão em fazer greve: o projeto aprovado na Assembléia Legislativa é uma vergonha, porque tira vantagens dos aposentados de forma descarada.

Um exemplo
Por exemplo: um policial que ganha 3 mil reais se aposentará com mil reais.

CPI das Pontes
O deputado Luiz Calixto (PSL) exerce o seu legítimo direito de pedir uma CPI para apurar o desabamento de várias obras do governo. Afinal, quem não tem o que esconder não teme.

É outra história
Mas, esperar que algum deputado da base governista venha assinar o pedido de instalação, venhamos e convenhamos, é acreditar na existência de Papai Noel, tal e o temor de retaliação.

Falando só
O segundo suplente do deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) na disputa do Senado, médico Carlos Beirute (PTB), corre o sério risco de sair da disputa com a nova guinada do PTB.

Resolução dura
Uma resolução da direção nacional do PTB, que fixa que no Estado em que o partido não eleger ninguém, as respectivas executivas regionais serão extintas, pode gerar uma reviravolta.

Pressão interna
Existe uma pressão grande dos membros regionais do PTB para que a executiva regional não faça coligação com a FPA e abra conversa com o PMDB para que aconteça uma nova aliança.

Máxima política
A tese que já domina é que, se é para disputar na aliança da FPA, com os dirigentes do PT fazendo desdém do PTB, que então a aliança seja com a oposição, onde não há privilégios.

Medo de loba
Como já foram enganados uma vez, os dirigentes do PTB decidiram que não vão apoiar sem algo concreto. “Não vamos pagar para ver e depois quebrar a cara de novo”, é o argumento.

Não tão sisudo
O deputado N.Lima (DEM) é sisudo, mas tem os seus momentos de contar piada: ontem, na tribuna, disse que voltará para o Legislativo no próximo ano com “Tião Bocalom governador”.

Dois calos
A polícia está com dois calos morais lhe importunando: a não elucidação do caso Fabrício e o mistério em torno da morte do vereador Pinté, com todas as evidências de crime político.

Lelinha e companhia
O deputado Delorgem Campos (PSB) define assim o esquema do PT contra sua candidatura, em Brasiléia: “é Lelinha e o Nelsinho apoiando o Asterinho, e pau no lombo do Delorginho”.

Rainha dos nelores
Dei uma breve passada em Brasiléia: conversei com vários amigos e de todos ouvi que a prefeita Leila virou uma das maiores latifundiárias e dona de um imenso rebanho de nelores.

Mandato digno
O prefeito de Sena Madureira, Wanderley Zaire, mostrou neste curto período à frente da prefeitura que se pode sim fazer uma gestão sem bandalheiras e sem escândalos.

Ato de peso
Márcio Bittar vai fazer da comunicação de sua candidatura a deputado federal pelo PSDB um ato de peso, sábado, à tarde, na Faao, trazendo delegações de todos municípios.

Maldade sem tamanho
O PT fez uma maldade sem tamanho em lançar Leonardo Brito a deputado federal, pegando a premissa de que a sua chance de conseguir algum sucesso é quase igual a zero.

Meninos da Bolívia
Foi um show de fisgadas a participação da equipe de pesca “Meninos da Bolívia” (alusão aos “Meninos da Vila”), integrada pelo deputado Hélder Paiva, o piloteiro Mano e este colunista, em recente concurso de pesca ganho na Bolívia. Saldo: 17 pirapitingas, 10 jatuaranas grandes e 14 surubins. Com direito a aplauso dos bolivianos. Quem não representou bem o Acre foi a equipe formada por Bruno Cotta Paiva, Roberval da “Pé de Ouro” e Cabacinho, que puxaram o último lugar, com três piranambus e um cuiu-cuiu, vaiados na chegada ao porto.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation