Política nacional

“Não chego a propor um PAC, mas é isso que a Europa precisa”.

Dominique Strauss-Kahn, bajulando o Brasil do mais novo credor do FMI.

 EUA advertem Petrobras para ameaçar o Brasil
O governo americano reiterou há dias, através da Secretaria e Estado, o recado que havia mandado pelo então embaixador no Brasil, Clifford M. Sobel, ao ministro de Minas e Energia da época, Edison Lobão: se o Brasil insistir em paparicar a tirania no Irã, inclusive com investimentos em exploração de petróleo no país dos aiatolás, a Petrobras sofrerá restrições em seus investimentos em exploração nos Estados Unidos.

Planos ambiciosos
São ambiciosos os planos da Petrobras na produção de petróleo nos EUA: atingir 45 mil barris até 2015 e 110 mil barris em 2020.

Muito a perder
A Petrobras foi a segunda empresa de capital aberto mais lucrativa dos EUA, em 2009. Ficou atrás apenas da americana Exxon Móbil.

Sócios pressionam
Atualmente com ações na bolsa de Nova York, investidores americanos da Petrobras também pressionam a empresa a se retirar do Irã.

Dedo na ferida
O tucano José Serra acusou o cocaleiro boliviano Evo Morales de fazer corpo mole para o tráfico de cocaína do seu país para o Brasil. Isso aí.

Site pode fazer…
Gera polêmica a cartilha distribuída pelo grupo Mais Mulheres no Poder Brasil, que lançou o site do movimento com “apoio” do governo Lula e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), que atua com dinheiro público, mas não se submete à legislação do país. O site, sob suspeita de fazer “propaganda subliminar” da candidata Dilma Rousseff (PT), está registrado no nome pessoal de Sônia Malheiros Miguel, da Secretaria das Mulheres da Presidência da República.

Compromisso
O site Mais Mulheres no Poder mostra o botão verde “Confirma” e a mensagem “Eu assumo este compromisso”. Só falta a foto de Dilma.

Mistério
A EBC, empresa de comunicação que mantém a TV do Lula, recusa-se a receber pagamentos pela assinatura de seu clipping de notícias.

Prepare o lombo
Vem pancadaria por aí em Brasília, após a cidade ser considerada a melhor para se viver no Brasil. Desbancou Rio e São Paulo.

Gelo no Alvorada
O pé-frio do anfitrião combinou com o cumprimento gelado de Dunga a Lula, ontem, no Alvorada. O treinador nem sequer retirou a mão esquerda do bolso enquanto cumprimentava o presidente e sua mulher.

Perplexidade
“Por que Ronaldinho (Gaú-cho) não vai à Copa?” é a pergunta, em tom de agradecimento, que embaixadores do Brasil mais ouvem lá fora. E eles pedem instruções ao Itamaraty para explicar tamanha estupidez.

Mais do mesmo
A Funai foi invadida ontem por um grupo de índios. Trabalhar ali é um inferno. Ocupantes de cargo de chefia são obrigados a manter dinheiro vivo nas gavetas, para atender às constantes chantagens e ameaças.

Indenização
O Superior Tribunal de Justiça condenou o ex-ministro de FHC Luiz Carlos Mendonça de Barros (Comunicações), conhecido loroteiro, a indenizar em R$ 500 mil o empresário Carlos Jereissati, a quem fez acusações sem provas de “divulgação de grampos no BNDES”.

Crime eleitoral compensa
Candidato mais rico do país na eleição municipal de 2008, com fortuna declarada de R$ 224 milhões, Airton Garcia, de São Carlos (SP), foi (multado pelo TRE em R$ 5 mil por propaganda eleitoral antecipada.

Cena carioca
A picape Mitsubish cor cinza, placa particular HKR 9640, circula na zona sul do Rio com sirene e vidros fumê. Ninguém sabe se é bandido, se é polícia ou alguma “otoridade”. Ou um gozador infringindo a lei.

Passando o script
Os deputados distritais Paulo Tadeu, que manda, e Cabo Patrício, que obedece, ambos do PT, discutiram ontem no almoço no “C’est si Bon”, em Brasília, intervenção no DF e cassação da deputada Eurides Brito. 

Buraco negro
Notícia do declínio dos Correios: Sedex enviado dia 5 de Nova Friburgo (RJ) para Florianópolis (SC) não chegou ao destino 21 dias depois. Como não entrega a encomenda, ECT se especializou em enrolation: complica ao máximo registro da queixa para ver se o cliente desiste.

Santo remédio
A merreca de 7,7% para aposentados obrigaria o governo a cortar despesas, diz Guido Mantega. Mais uma ótima razão para concedê-lo.

PODER SEM PUDOR

Lição de mestre

Um dos maiores críticos da reação brasileira que multiplicou a repercussão internacional de reportagem do New York Times sobre os hábitos etílicos do presidente Lula, o jornalista Hélio Fernandes, da Tribuna da Imprensa, lembra sempre a sabedoria de Rui Barbosa, que só respondia – sempre da tribuna – as críticas que os adversários lhe faziam no Senado. A explicação é singela:
– Quem não leu a notícia, lê o desmentido…..

Assuntos desta notícia


Join the Conversation