Fundação ligada ao Ministério das Relações Exteriores prorroga prazo

A Fundação Alexandre de Gusmão, ligada ao Ministério das Relações Exteriores, prorrogou até 27 de maio as inscrições para 205 vagas em cargos de nível médio e superior. São 37 vagas imediatas e 168 para cadastro de reserva. Os salários são de R$ 2.067,30 para nível médio e de R$ 2.643,28 para nível superior.

De nível médio os cargos são de agente administrativo, operador de micro, programador de computador e secretária. De nível superior os cargos são de administrador, analista de relações internacionais, analista de sistemas, arquivista, assistente técnico, bibliotecário, contador, economista, estatístico, pesquisador, técnico em comunicação social, técnico em promoção e divulgação cultural e tradutor intérprete.

Os candidatos aprovados terão exercício obrigatório em Brasília, exceto para o cargo de bi-bliotecário, que terá exercício no Centro de História de Documentação Diplomática (CHDD), sedia-do no Rio de Janeiro/RJ, e para os cargos de agente administrativo e pesquisador, que preveem lotação em Brasília/DF e no Centro de História de Documentação Diplomática (CHDD), sediado no Rio de Janeiro/RJ.

As inscrições devem no site www.quadrix.org.br/funag.aspx. As taxas são de R$ 33 para nível médio e de R$ 48 para nível superior.

As provas objetivas terão a duração de quatro horas e serão aplicadas na data provável de 6 de junho, no turno vespertino. Os locais e o horário de aplicação das provas objetivas serão publicados no endereço eletrônico www.quadrix.org.br/funag.aspx e no Diário Oficial da União, na data provável de 28 de maio. As provas objetivas e subjetivas serão realizadas em Brasília e no Rio de Janeiro.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation