Ação global tem novas regras para casamento

Casais que sonham em oficializar a união, mas se esbarram na burocracia e nos custos, poderão se habilitar para o casamento coletivo que ocorrerá no dia 22 deste mês e sem pagar nada. A cerimônia é um dos grandes serviços oferecidos anualmente pela Ação Global, evento realizado pelo SESI, Rede Globo e seus parceiros, com o objetivo de resgatar a cidadania de brasileiros que ainda estão à margem da sociedade.

Aos interessados no casamento, a organização informa que este ano será  adotado procedimento diferente. Os casais devem comparecer ao Ginásio do SESI, no conjunto Manoel Julião, do dia 17 ao dia 21, das 8h às 12h e das 15h às 17 horas para a habilitação de casamento civil. Por dia, serão distribuídas 25 senhas.

Os noivos deverão estar presentes com duas testemunhas maiores de 18 anos portando identidade e CPF e que saibam assinar. Com a habilitação feita antecipadamente, no dia da Ação Global não haverá mais esse procedimento, acontecendo somente a cerimônia matrimonial das habilitações realizadas. “Decidimos fazer dessa forma para não ser cansativo e tumultuado para os noivos no dia”, destacou o coordenador da Ação Global, Jacimar Silva.

No dia da Ação Global, vários parceiros somam esforços para oferecer serviços nas áreas de educação, saúde, lazer e cidadania para a população. No ano passado, o evento realizou cerca de 40 mil atendimentos nos mais variados serviços. Entre os documentos mais solicitados, estavam o Registro Geral (RG), com 503 emissões, a Carteira de Trabalho (CTPS), 538, e o CPF, com 1.403 emissões. A expectativa para este ano é que 55 mil atendimentos sejam feitos.

Uma outra novidade, além das novas regras para casamento, são os dois novos parceiros:  o Ministério Público do Trabalho, oferecendo orientações de direitos trabalhistas, e o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen), expondo trabalhos feitos pelos reeducandos. A Ação Global acontecerá no dia 22 de maio, no complexo de Ginásio do SESI. (Assessoria Fieac)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation