Pular para o conteúdo

Friale prevê primeira friagem do ano para este sábado

O meteorologista David Friale anunciou que a primeira frente fria (ou ‘friagem’) do ano deve chegar a Rio Branco entre a noite deste sábado (8) para domingo (9). Segundo ele, trata-se de uma frente  de intensidade ponderada, que abaixará a temperatura das noites rio-branquenses desde sábado até a próxima terça-feira (11).
Friale
A friagem será mais intensa à noite, quando deve causar temperaturas que variam entre 15º a 18ºC, provocando uma sensação térmica de até 12ºC. Durante o dia, a temperatura deve se manter entre 25º a 27ºC. Segundo David Friale, entre segunda e terça a referida frente fria provocará rajadas de ventos de 30Km/h. 

“Na noite de sábado, a temperatura deve começar a cair até chegar a 19ºC. No domingo, ela deve se manter entre os 18ºC, tendo continuidade nas noites de segunda. Na terça, a friagem atingirá a sua maior intensidade, com 15ºC ou um valor próximo. A partir de quarta, a frente já terá passado, portanto, deve fazer dias secos e ensolarados”, detalhou ele.

Sipam prevê temperaturas altas para o trimestre
A aproximação do verão amazônico trará temperaturas mais altas do que o normal para boa parte do Acre neste trimestre (maio, junho e julho). De acordo com a previsão climática da meteorologia do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), em maio ainda chegam ao Estado massas de ar úmido aliadas a frentes frias, causando chuvas. Já a partir de junho, predominam as massas de ar seco, que dificultam a formação de nebulosidade e favorecem grandes amplitudes de temperatura, com madrugadas frias e tardes quentes.

Com o céu claro, as temperaturas sobem mais e este ano deverão ficar acima da média em praticamente todo o Estado, com exceção da porção leste. Ainda assim, estão previstas friagens para o período, causando bruscas quedas nos termômetros que duram até três dias. Também merece atenção a diminuição da umidade relativa do ar, que nos horários mais quentes do dia poderá atingir valores abaixo de 30%, classificado como estado de atenção. (Ascom Sipam)