“Minha imaginação vem da minha terra”, diz Glória Perez em palestra na Usina de Arte

O governador Binho Marques participou nesta terça-feira, 12, de um debate que teve como convidada especial a escritora acreana Glória Perez, uma das maiores novelistas do Brasil, e contou com a presença do ex-governador Jorge Viana, que atuou como mediador junto com a jornalista Andréa Zílio. O debate foi realizado na Usina de Arte João Donato envolvendo alunos dos cursos de cinema, teatro e artes plásticas.  “Ter aqui uma acreana como a Glória é realmente algo marcante”, disse o governador.

gloria_perez

Glória Perez está no Acre em viajem de férias. Havia 50 anos sua mãe, Maria Augusta, não vinha a Rio Branco. Nestes dias de descanso, as duas percorreram a cidade, foram aos principais pontos de visitação e puderam matar a saudade da terra natal. A convite de Jorge e Binho, a novelista falou aos alunos da Usina de Arte por cerca de duas horas, respondendo à perguntas sobre variados temas. “A Glória inovou a contação de história quando aliou realidade à ficção”, disse Jorge Viana.

A escritora se disse muito feliz por encontrar-se em meio à juventude do Acre ao ressaltar aspectos de sua profissão e da televisão como veículo de massa. “A TV tem uma força muito grande porque entra na casa das pessoas e tem capacidade de suscitar debates”, disse a escritora.

O nome inteiro da escritora Glória Perez é Glória Maria Ferrante Perez. Nasceu em 25 de setembro de 1948 em Rio Branco.  Mudou-se para o Rio de Janeiro aos 16 anos para dar continuidade aos estudos e na Universidade Federal daquele Estado, graduou-se em História e fez mestrado na área. Na Rede Globo foi ser colaboradora da novelista Janete Clair, que na época (quando a novela “Eu Prometo” era exibida) fazia tratamento de saúde.  Era a primeira vez que Janete trabalhava com um colaborador. Janete, infelizmente, acabou falecendo e Glória seguiu a trama, encerrando-a com brilho. A acreana passou então à primeira linha de escritores de novelas brasileiras, trazendo importantes inovações. Uma delas foi o lançamento de campanhas de utilidade pública através das novelas, que a fez muito popular e querida por todos os brasileiros e até estrangeiros. No debate com os alunos da Usina de Arte, Glória citou a novela Partido Alto, onde uma personagem mostrava o sofrimento de viver num bairro (o Encantado) sem atendimento de transporte coletivo. A situação se reverteu e o Encantado passou a ter ônibus regular.

Glória também usou suas novelas para fazer campanha para localização de crianças desaparecidas, que prevalece até hoje em muitas empresas e organizações.  A escritora enfocou também questões como o homossexualismo, deficiência visual,cleptomania, islamismo e outros temas. Por suas campanhas humanitárias, recebeu vários prêmios no Brasil e no exterior. “Gosto de trabalhar nessa linha, de quebrar preconceitos e trabalhar na diversidade”. 

Um estudante quis saber a origem de tamanha produtividade. “De onde vem minha imaginação? Ela vem da minha terra. Nós [acreanos] convivemos com o mágico de modo natural”, respondeu Glória Perez.

A autora de “Amazônia, de Galvez a Chico Mendes”, minissérie que narrou  a saga do povo acreano para incorporar sua terra ao Brasil e a luta pela preservação de floresta amazônica, disse, ao responder uma pergunta sobre “por quê não faz cinema?” que trabalhar com a telona é algo que adoraria fazer mas falta-lhe alguns condicionais, como o tempo. A novela tem uma produção desgastante, que exige muito do autor. “Novela é ritmo industrial, é esteira rolante”.  Mas, segundo ela, ter feito Amazônia a marcou de modo interessante porquanto ressaltou os valores de sua terra para o Brasil. “O Acre nasceu muito mais importante para o mundo que para o Brasil”, disse.  Glória Perez escreveu também “Partido Alto”, junto com Aguinaldo Silva; “Carmem”, para a TV Manchete; “Desejo”, minissérie para a Rede Globo; “Barriga de Aluguel”. “De Corpo e Alma”, de 1995:”Explode Coração”; ” Pecado Capital”; “O Clone”; “América”; “Amazônia, de Galvez a Chico Mendes”. (Agência Acre)

gloria_perez_2

Assuntos desta notícia


Join the Conversation