Ufac pretende fazer o vestibular antes do final do ano letivo

A Universidade Federal do Acre pretende realizar as provas do vestibular 2011 antes do final do ano, provavelmente na segunda quinzena de novembro ou início de dezembro. O objetivo da Ufac é fechar o seu calendário acadêmico por completo até o dia 31 de dezembro. A decisão ficou acertada pelo Conselho Deliberativo da instituição desde o fim de 2009, quando foi programado o cronograma letivo deste ano.

Inicialmente, o vestibular seria realizado nos dias 31 de outubro e 1º de novembro. No entanto, a data foi revista – e ainda está sendo rediscutida -, devido a alguns fatores recentes que podem incidir sobre o vestibular. Agora, ela pode ser mantida ou pode ter de mudar para a garantia de um processo seletivo mais justo e unânime.

De acordo com a reitora da Ufac, Olinda Batista, entre estes fatores externos constam a greve de quase 1 mês dos professores (atraso no calendário da rede pública estadual), eleições, sobrecarga de atividades para o término do ano letivo e a adesão da Ufac ao Enem (Exame Nacional de Ensino Médio).  

“Neste momento, trabalhamos com hipótese de aderir ou não ao Enem (definido ontem pelo MEC para os dias 6 e 7 de novembro) para o vestibular, sendo que não poderemos deixar as datas de ambos coincidirem. A universidade está colhendo dados e opiniões da sociedade em geral e de alunos, professores e pais nas escolas. Depois, discutiremos internamente sobre o assunto. Uma decisão deve ser dada neste mês. A certeza que temos em relação ao vestibular é que deve ocorrer antes do fim do ano”, declarou.

 Enem 2010 será nos dias 6 e 7 de novembro
As provas do Enem 2010 serão realizadas em 6 e 7 de novembro. O MEC está fazendo os ajustes finais no calendário de avaliações, uma vez que a edição 2010 do Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) está prevista para 7 de novembro.

Nos próximos dias, o Inep, autarquia do MEC responsável pela prova, deve publicar uma nova portaria alterando a data do Enade, exame que avalia o ensino superior.
A expectativa do ministério é de que essa edição tenham 6 milhões de inscritos. No ano passado, o Enem recebeu 4,2 mi de inscrições, e cerca de 2,5 mi fizeram a prova. Nesta edição, o exame deixou de ser apenas um instrumento de avaliação do ensino para ser utilizado como seleção para 47,9 mil vagas em 51instituições públicas de ensino superior, por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

Ainda no 1º semestre, o Sisu terá uma nova rodada de seleção, que usará nota do Enem 2009. As instituições federais que tenham vestibular de meio de ano devem decidir a adesão ao sistema até maio e as inscrições devem ser abertas no mês de junho.

Fraude – Após fraude, o Enem 2009, que seria aplicado nos dias 3 e 4 de outubro de 2009, foi cancelado pelo ministro da Educação, Fernando Haddad. As investigações mostraram que uma cópia das provas foi furtada após sua impressão. Criminosos tentaram vender o exame a jornalistas. A avaliação, enfim, foi remarcada e aplicada nos dias 5 e 6 de dezembro do ano passado. (UOL)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation