Adolescente de 17 anos mata outro de 15 anos a golpe de faca no centro da cidade de Feijó

Acusado tem apenas de 17 anos e já matou três pessoas, a mãe do infrator também matou dois homens e um irmão está preso por homicídio

cvitima
Carlos André, vítima de um crime bárbaro

Um crime bárbaro cometido por um adolescente de 17 anos chocou a população do município de Feijó, distante de Rio Branco, cerca de 440 km.
O adolescente Carlos André Brito do Nascimento, 15 anos, trafegava em uma bicicleta, por volta das 20h desta quarta-feira, 19, em direção a uma Igreja Evangélica no centro da cidade onde participaria de um culto.

Quando passava na Avenida Plácido de Castro, foi atacado por outro adolescente de 17 anos que sem qualquer motivo gritou “sai do meio da rua que eu to chapado”  e em seguida desferiu um golpe de faca nas costas de André.

A vítima, mesmo ferida, continuou pedalando e caiu em frente ao Fórum da cidade. Ao cair, o jovem informou que teria sido agredido com um soco nas costas (ele não percebeu que tinha sido atingido com uma faca), em seguida desmaiou.

Populares chamaram uma guarnição da Policia Militar que passava nas proximidades e pelo fato de saber que a única viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU daquela cidade não estaria funcionando por falta de pneus, os militares socorreram a vítima, a encaminhando ao Pronto Socorro, onde o jovem deu entrada em estado gravíssimo.

A equipe médica ainda tentou salvar a vida do adolescente que foi submetido a uma cirurgia de emergência, mas não resistiu à gravidade do ferimento que provocou uma hemorragia interna e morreu por volta de meia noite.

Menor acusado tem histórico de violência e já teria assassinado duas pessoas

O crime revoltou a população de Feijó, pois o adolescente acusado de ser o autor do crime possui um histórico de violência e crimes.
Segundo informações da polícia, o menor de 17 anos, já foi apreendido por outros dois homicídios.
Aos 14 anos, o jovem matou um vizinho a tiro de espingarda,  na época ele foi apreendido e passou quase um ano no centro de recuperação social.

No ano seguinte ao completar 15 anos, ele matou o padrasto com requintes de crueldade ao assassiná-lo a tiros e ainda introduzir um  “raio” de bicicleta no ouvido do padrasto.

A mãe do jovem infrator é condenada por dois homicídios contra dois ex maridos. Os crimes aconteceram no município de Feijó.

E para completar a sacra assassina, o irmão mais velho está preso por ter assassinado um primo.
O crime ocorreu em janeiro deste ano durante a festa popular em comemoração a vitoria na eleição do atual Prefeito.

O que mais revoltou a população daquela cidade é o fato do adolescente que já havia praticado dois homicídios, estar em liberdade e sem qualquer acompanhamento das autoridades competentes.

A frieza do jovem acusado também assustou os moradores daquela cidade. Segundo o que a polícia conseguiu apurar, após matar o adolescente, o menor acusado foi até sua residência trocou de roupa e retornou para o local do crime como se nada tivesse acontecido.

O jovem acusado foi apreendido pela polícia militar e encaminhado a delegacia central de Feijó.

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation