Pular para o conteúdo

Mulher é morta com 21 facadas desferidas por namorado

A dona-de-casa Clemilda Negreiros Julião, 36 anos, foi assassinada com 21 golpes de faca desferidos pelo namorado, o ex-presidiário Marildo dos Santos da Conceição, 21 anos, com quem a vítima namorava se há poucos meses. O crime aconteceu na tarde do último sábado, 1º, na Rua Niterói, bairro Conquista.
Santos-21-anos
Testemunhas informaram à polícia que o acusado estava golpeando a mulher quando uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) passava pelo local para atender uma outra ocorrência. Populares abordaram os paramédicos e informaram que um homem estava esfaqueando a mulher.

Imediatamente, os paramédicos se direcionaram para o endereço indicado quando se depararam com Marildo, que ainda estava  dentro da casa esfaqueando a mulher.

Os paramédicos pediram que ele parasse para que a mulher fosse socorrida.

Testemunhas contaram que no momento em que foi atacada pelo namorado a vítima estava com um filho recém-nascido no colo, mesmo assim o acusado não freou a fúria e passou a golpear a mulher.

O bebê  ficou todo sujo com o sangue da mãe, que antes de cair no chão ainda caminhou em direção à equipe do Samu e entregou o filho para um paramédico.

Segundo o que a polícia conseguiu apurar, a vítima seria casada com um homem que está preso no Centro de Recuperação Social Francisco de Oliveira Conde, com quem tem o filho recém-nascido. Recentemente, a relação entre Clemilda e o detento foi interrompida e ela passou a namorar Marildo, que estava morando em Manuel Urbano. Teria sido a própria vítima quem pagou a passagem para que Marildo viajasse para Rio Branco.

O acusado foi preso  por policiais militares ainda no local do crime e encaminhado à Delegacia Central de Flagrantes (Defla).
A mulher foi socorrida e encaminhada ao Pronto-Socorro, onde deu entrada em estado gravíssimo. Cerca de duas horas depois não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu.