Polícia de Feijó reduz violência com efetivo de apenas 34 policiais

A Polícia Militar de Feijó possui um efetivo de 34 policiais, sendo que desse total 7 estão afastados por férias, licença prêmio ou cursos, reduzindo o efetivo para 27 policiais e um comandante responsáveis pelo policiamento ostensivo de pouco mais de 32 mil habitantes (Censo  demográfico  de 2007 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE).

Segundo o comandante da PM em Feijó, capitão Este-phan Barbary Neto, apesar do reduzido efetivo a PM daquela cidade conseguiu reduzir em mais de 60% o índice de violência.

Através da aplicação de técnica e monitoramento estatístico de locais de crime, desenvolvido com o policiamento inteligente e intensificação no policiamento preventivo em pontos estratégicos, foi possível alcançar a sensação de segurança à população e a redução de crimes contra a vida.

“No fim do ano passado e nos primeiros dois meses de 2010, registramos um alto índice de violência, tanto na zona urbana quanto na zona rural de Feijó. Com um número reduzido de policiais militares, optamos por realizar um levantamento estatístico dos pontos de maior incidência de crimes e desenvolvemos uma estratégia de intensificar as fiscalizações, blitzen e operações nesses pontos considerados sensíveis. O resultado está sendo satisfatório para a população”, afirmou o comandante Estephan.

Segundo o capitão, no período de 3 anos a Polícia Militar, através do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proed) formou mais de 1,2 mil jovens estudantes das redes públicas estadual e municipal de ensino, que através da formação  se tornam  agentes multiplicadores em suas comunidades.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation