Petecão articula aprovação de reajuste dos aposentados

“Está nas mãos dos senadores à palavra final sobre a aprovação do reajuste dos aposentados”.A afirmação do deputado Sérgio Petecão (PMN) serve bem para ressaltar o ônus político que ficou sob a responsabilidade do Senado em pleno ano eleitoral.A derrota do governo Federal na Câmara dos Deputados com a aprovação do reajuste de 7,7%para aposentados que ganham mais de um salário mínimo e o fim do fator previdenciário deu para marcar a importância política de temas que vão beneficiar milhões de pessoas.”Foi à vitória da cidadania e da articulação de uma categoria,a dos aposentados, que mostrou sua força política”,disse o deputado.

Para Petecão,o importante agora é arregimentar forças e defender o projeto politicamente no Senado,onde o Governo Federal é mais frágil .A matéria, além do mais, ganhou maior celeridade e deverá estar apta para votação em plenário no máximo em 15 dias, conforme decisão do próprio presidente do Senado Federal,José Sarney.Ele mesmo já declarou que considera muito difícil o Senado modificar a decisão da Câmara.Com a esperada mobilização política e aprovação no Senado,a área econômica do Governo aponta o veto das duas propostas como indispensável para o equilíbrio das contas públicas.

Segundo Petecão, a luta deverá chegar ainda no Palácio do Planalto e a provável decisão do presidente Lula em vetar a aprovação do projeto no Congresso Nacional.Os próprios articuladores do Congresso Nacional já apontaram que o desgaste político com o veto será bem maior do que os anunciados R$ 600 milhões de impacto que o reajuste vai proporcionar nas contas públicas.Se Lula decidir realmente vetar,como é esperado,uma nova medida provisória com o índice desejado pelo Governo deverá ser editada.O rombo com a extinção do Fator previdenciário é calculado em R$ 15 bilhões.

Para o deputado acreano, o importante agora é a população,em especial os aposentados, acompanhar passo a passo o encaminhamento do projeto e as movimentações políticas no Congresso Nacional.Cada aposentado acreano- disse Petecão- pode exigir de seus representantes no Congresso Nacional que se declarem publicamente sobre o reajuste dos aposentados.O fundamental  é cobrar uma posição clara,sem rodeios.Finalmente, o deputado lembrou que possivelmente o projeto de reajuste vai exigir que o Congresso Nacional derrube o veto presidencial e faça prevalecer à vontade do povo. Segundo Petecão, é onde a participação e acompanhamento popular vão ser importantes para pressionar os políticos e demonstrar o grau de conscientização popular e sua influência no Congresso Nacional.” (Assessoria)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation