COGUMELOS SELVAGENS

Imagem036Semana passada causou grande repercussão a matéria publicada na A VOZ DO POVO sobre as propriedades curativas da graviola da Amazônia para o tratamento do câncer, teve gente que ligou dos Estados Unidos. Portanto, seguindo esse caminho, eis que aparece outro produto natural da Região Amazônica muito bom para a saúde, são os cogumelos selvagens e, por incrível que pareça foram encontrados na zona urbana de Rio Branco.

A espécie da foto, por exemplo, estava dentro das dependên-cias da AABB (Associação Atlética Banco do Brasil). Bom ter cuidado e lembrar sempre, se o mesmo é ou não comestível, pois existem várias centenas desses fungos, muitos aparecem como venenosos cuja ingestão poderá ser inevitavelmente mortal.

No entanto, não existe nenhuma técnica específica para distinguir os cogumelos “bons” dos venenosos, nem tão pouco para neutralizar as suas toxinas. O tartufo, ao qual também se atribuem propriedades afrodisíacas, é  considerado o mais notável deles, temos ainda o amanita dos césares, o boleto, o cantarela, o pleuroto, a clavaria flava e a morquela.

Todos desempenham um papel importante numa dieta variada, isoladamente ou como ingredientes para molhos e condimentos. Aliás, por serem pobres em calorias mas ricos em proteínas, sais minerais e oligoelementos, são indicados em muitas dietas hipocalóricas, prescritas em situações de obesidade ou diabetes não-insulino-dependente. É ainda um alimento pobre em sódio, o que o torna adequado a dietas com restrição salina. Nomeadamente em dietas para hipertensos ou doentes hepáticos crônicos. Então bom apetite!

FALA POVO

SOFISTICADAS E TERRÍVEIS ARMAS DA NATUREZA

Meteorologia01Militarmente, a guerra meteorológica tem uma importante vantagem e encerra um terrível perigo: suas armas podem ser usadas durante anos, sem que o país atacado perceba. Pois furacões, enchentes, secas e terremotos são frequentes em muitas regiões do mundo. E é extremamente difícil determinar quando essas calamidades deixam de ser conseqüências fenômenos absolutamente normais. 

Durante a Guerra do sudeste Asiático, os Estados Unidos se exercitaram nas táticas de controlar o clima lançando toneladas de iodureto de prata sobre as nuvens. O resultado foi um aumento de até 30% na intensidade das chuvas. Houve deslizamentos das encostas, enchentes, destruição de diques e pontes.
Quando tiveram que se retirar do Vietnam os norte-americanos estavam fazendo expe-riência para provocar ciclones de fogo, que se movimentassem com grande velocidade, des-truindo florestas, lavouras e aldeias do Vietcong.

Esses são os primeiros passos do homem na exploração dos fenômenos naturais com finalidades de destruição. Mas há perspectivas ainda mais aterradoras. Alguns cientistas consideram possível usar produtos químicos transportados em foguetes para abrir verdadeiras janelas na camada protetora de ozônio que envolve a Terra, isso permitiria a penetração dos raios ultravioletas do sol.

Experiências recentes mostraram também a possibilidade de usar a eletricidade para produzir depressão mental nas populações de grandes centros urbanos. E, atualmente, estão sendo elaborados métodos para mudar o caráter dos raios, aumentarem seu poder e fazendo incidir sobre objetivos previamente fixados.

Por outro lado a explosão de bombas atômicas de pequena potência sob os gelos polares, pode ter como resultado a formação de ondas gigantescas capazes de submergir extensas regiões litorâneas. O mesmo efeito pode ser conseguido por meio de terremotos marinhos. Perto de Denver, nos Estados Unidos já foram realizadas experiências para provocar pequenos terremotos artificiais pelo emprego de injeções de um líquido especial em camadas do subsolo. No entanto, ao mesmo tempo em que aumentam as possibilidades de uso militar das forças da natureza, cresce o número de cientistas preocupados com as conseqüências, ou seja, eles temem que o desencadeamento indiscriminado dos fenômenos geofísicos acabe por provocar uma reação em cadeia, incontrolável e apocalíptica.

 Os ecologistas, ecos-xiitas, ambientalistas agradecem para que suas profecias se realizem.
 Caro Botto, o que o leitor da coluna A VOZ DO POVO achou desta crônica? Se possível comente e envie correspondência sobre o assunto no e-mail: [email protected]

Rio Branco- Acre – junho de 2010.

Jozue Mesa Pereira 
agricultor do Benfica

QUESTÃO DE DIREITO

Absolvido homem que nadou nu em rio

A Turma Recursal Criminal do Estado do Rio Grande do Sul absolveu homem acusado de ato obsceno por nadar nu no Rio Pulador. As juízas entenderam que não houve infração penal, pois o réu não agiu deliberadamente com a intenção de ofender o pudor alheio.

O Ministério Público ofereceu denúncia narrando que no dia 2/12/2008, por volta das 14h15min, uma testemunha acompanhada do filho, da cunhada, de um amigo e duas crianças dirigiu-se ao Rio Pulador para pescar. Chegando ao local, ela se deparou com o réu nu sentado sobre uma pedra molhando os cabelos. A autora, então, perguntou três vezes ao homem se ele iria vestir-se. Não obtendo resposta, decidiu chamar a Brigada Militar, que quando chegou ao local encontrou o homem já vestindo-se.

O réu afirmou que se banhava nu, pois estava muito quente e não queria molhar suas roupas. Disse que ao perceber a aproximação das mulheres, vestiu-se imediatamente e contou também que eventualmente ia ao local, pois, apesar de consistir em propriedade privada, era aberto ao público.

Em primeira instância, o homem foi condenado por ato obsceno (art. 233 do Código Penal). O juiz Ralph Moraes Langanke, da Vara Judicial, da Comarca de Ibirubá, substituiu a pena privativa de liberdade por seis meses de prestação de serviço à comunidade. Para o magistrado, a consumação do crime ocorre com a prática efetiva do ato, independente de que alguém o tenha presenciado ou se sinta ofendido, visto que o objeto jurídico protegido pela norma penal incriminadora é o pudor público, sendo o sujeito passivo a coletividade.
A defesa apelou pedindo a absolvição do réu.

(Com informações do TJRS)

Nota Pé: Na próxima edição divulgaremos o recurso. Não perca!

ÚLTIMAS DO DIA

* “Seleção Brasileira vence mas não convence”. Mesmo sem mostrar o futebol esperado à equipe do zangado Dunga ganhou a primeira, agora é ver o próximo jogo no domingo para ter uma idéia se é possível chegar lá…

* …aliás a crônica especializada andou dizendo que a Costa do Marfim não é tão fácil assim, os jogadores além de pesados são pedreira em campo, principalmente na marcação…

* …agora o ex-jogador do Corinthians Vampeta andou falando besteira na televisão ao afirmar que Kaká está doente. Além de não ser médico, é brincadeira um comentário maldoso desses ao principal craque do time, apesar da fase ruim basta uma jogada apenas e ele desequilibra o jogo.

* Necessário lembrar também, que estamos numa Copa do Mundo e não no Campeonato Paulista! Para ganhar o Caneco precisa ter cautela e trabalhar em equipe, do contrário, o sonho do Hexa vai para o beleléu literalmente.

* Na política, Rodrigo Pinto anunciou não ser mais candidato ao governo. Se deixarem, anotem aí, sai para deputado federal pelo PMDB.

* Agora o golpe do partido foi grande. Por que não disseram logo que era um fetiche? Edmundo Pinto se fosse vivo não permitiria, senão vejamos: Recordam-se da Convenção do PDS para a escolha do candidato ao Governo daquela época, o grupo do ex-governador Romildo Magalhães foi bater chapa com Edmundo e acabou derrotado tendo que se contentar com a vice na chapa majoritária, isso só para lembrar um fato histórico.

* Muita gente está ficando desiludida com o Detran, a reclamação é que não adianta mais recorrer das multas, simplesmente quando chega ao setor ‘competente’ o indeferimento virou ato contínuo praticamente em todos os pedidos, um tremendo desrespeito ao Código Nacional de Trânsito…

* …como o órgão explica não poder transformar algumas infrações em advertência? A autoridade sendo provocada, isso pode ser feito a qualquer tempo pelo diretor-geral, que tem autonomia para baixar administrativamente a punição, ou o senhor Prates está fazendo de conta? A assessoria jurídica do órgão precisa olhar os recursos à luz do direito e da lei não pela cara do chefe: olhá, eu nego, etc…! Até quando?

* É por isso que o capital do órgão não para de crescer, virou um forte arrecadador do Estado, combinado com ‘terror e punição aos motoristas’, a situação fica feia. Enquanto isso não temos estacionamentos na cidade, os acidentes se avolumam e as mortes no trânsito aumentam a cada dia, é só ver as estatísticas para comprovar.

* O site do Senado Federal já computou mais de quarenta mil votos contra o exame da OAB.

* O Parque Ambiental recém-inaugurado no Xavier Maia ficou bonito, espera-se que o espaço tenha manutenção, é visível vários objetos jogados no meio das trilhas. Para se ter uma idéia, os brinquedos já estão sujos e um balanço quebrou, portanto…

* …até a próxima sexta com surpresas, é hora de…”.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation