ENIGMAS DE NOSSA HISTÓRIA

Fala-povo2
O Acre completou em junho 48 anos de emancipação política e administrativa, chegar ao estágio atual se fez necessário percorrer longos caminhos de lutas e batalhas, como aconteceu na memorável Revolução Acreana. Portanto, nada melhor que mostrar algumas raridades escondidas em velhas estantes, cheias de poeira e com o tempo, caso não sendo devidamente cuidadas, infelizmente, ficarão sem nenhuma utilidade. Então, oportuno se divulgar uma passagem, pois a história precisa ser contada, vivida, relembrada a qualquer tempo e o jornalismo deve contribuir para que o passado não seja esquecido.

 É o que nos traz o livro “Os Grandes Enigmas de Nossa História”, uma edição reservada ao círculo de amigos da Otto Pierre Editores do Rio de Janeiro e A VOZ DO POVO teve acesso a obra com exclusividade, para mostrar documentos e fotos raras, que provavelmente nem o Patrimônio Histórico do Estado deve ter em seus arquivos. A primeira delas é a foto de Vicente Rodrigues Lima, em 1980, ele foi o último sobrevivente da campanha libertária sob o comando de Plácido de Castro; a outra foto, mais antiga, foi tirada em frente ao Palácio Rio Branco com os remanescentes da revolução vestidos todos de branco, que na oportunidade estavam festejando a incorporação do território à República e por último; o jornal O Acreano de 23 de agosto de 1908. A edição de número 24 traz a notícia da morte do Comandante Chefe da insurreição, Coronel José Plácido de Castro. Quem tiver um dia, a oportunidade de ler é uma verdadeira preciosidade histórica.

FALA POVO

Fatos, fotos, reclamações, participação popular que estavam programadas para as próximas edições.

Fala-povo1

QUESTÃO DE DIREITO
Como chegou pedido do leitor e aqui se prioriza isso, o recurso que divulgaria nesta edição sobre o homem que foi absolvido pela Justiça gaú-cha por nadar nu no Rio Pulador, ficará para uma próxima oportunidade.
 Olá Botto,

 Favor divulgue a Sentença que considero extraordinária e excelente, uma verdadeira aula, mais que isso, uma lição de vida, devido ensinamento para todos os momentos da vida.

Magistrado culto é outra história, muito bom para o deleite de seus nobres leitores.

 ENTÃO, PARA O CONHECIMENTO DO POVO ACREANO DE UM SENHOR JUIZ DE DIREITO!
 Um Abraço,
 Josue de Uruguaiana
Rio Grande do Sul
AUTOS DO PROCESSO
Nº 124/03 – 3ª Vara Criminal
da Comarca de Palmas/TO
DESPACHO POUCO COMUM

A Escola Nacional de Magistratura incluiu em seu banco de sentenças, o despacho pouco comum do juiz Rafael Gonçalves de Paula, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Palmas, em Tocantins. A entidade considerou de bom senso a decisão de seu associado, mandando soltar Saul Rodrigues Rocha e Hagamenon Rodrigues Rocha, detidos sob acusação de furtarem duas melancias:

DECISÃO
Trata-se de auto de prisão em flagrante de Saul Rodrigues Rocha e Hagamenon Rodrigues Rocha, que foram detidos em virtude do suposto furto de duas (2) melancias. Instado a se manifestar, o Sr. promotor de Justiça opinou pela manutenção dos indiciados na prisão.        

Para conceder a liberdade aos indiciados, eu poderia invocar inúmeros fundamentos: os ensinamentos de Jesus Cristo, Buda e Ghandi, o Direito Natural, o princípio da insignificância ou bagatela, o princípio da intervenção mínima, os princípios do chamado Direito alternativo, o furto famélico, a injustiça da prisão de um lavrador e de um auxiliar de serviços gerais em contraposição à liberdade dos engravatados e dos políticos do mensalão deste governo, que sonegam milhões dos cofres públicos, o risco de se colocar os indiciados na Universidade do Crime (o sistema penitenciário nacional)…

Poderia sustentar que duas melancias não enriquecem nem empobrecem ninguém.  Poderia aproveitar para fazer um discurso contra a si-tuação econômica brasileira, que mantém 95% da população sobrevivendo com o mínimo necessário apesar da promessa deste presidente que muito fala, nada sabe e pouco faz.

Poderia brandir minha ira contra os neo-liberais, o consenso de Washington, a cartilha demagógica da esquerda, a utopia do socialismo, a colonização européia….

Poderia dizer que George Bush joga bilhões de dólares em bombas na cabeça dos iraquianos, enquanto bilhões de seres humanos passam fome pela Terra – e aí, cadê a justiça nesse mundo?

Poderia mesmo admitir minha mediocridade por não saber argumentar diante de tamanha obviedade.

Tantas são as possibilidades que ousarei agir em total desprezo às normas técnicas: não vou apontar nenhum desses fundamentos como razão de decidir.
Simplesmente mandarei soltar os indiciados. Quem quiser que escolha o motivo.

Expeçam-se os alvarás.
Intimem-se.
Rafael Gonçalves de Paula
 Juiz de Direito

ÚLTIMAS DO DIA

É HORA DE PARAR…

Tome como exemplo o mundo corporativo, uma empresa lança um produto ou serviço que é bem aceito pelo mercado, mas em determinado momento o processo deve ser interrompido sob pena de ingressar no que a teoria econômica chama de “deseconomia de escala”, desculpem se ficou complicado, mas a matemática tem uma imagem singular para ilustrar isso: o ponto de inflexão conforme o gráfico cartesiano, o momento em que a curva muda sua concavidade, ou seja, se a linha era crescente, passa a ter outro contorno, exatamente no momento quando o ‘objetivo’ foi atingido, e convenhamos na vida pessoal não é diferente.

A estabilidade leva a relação a mares calmos e a ausência de ondas revela o que antes não se podia enxergar. Descobrimos – e revelamos – que virtudes carregam consigo defeitos, que amabilidade é temperada com eventual intolerância e que gentilezas são bonificadas com fleuma, é neste momento que se estabelecem os limites como os relacionamentos entre homem e mulher não apenas se desgastam, mas às vezes se esgotam.

Portanto, é necessário fazer uma manutenção interior, fazer um balanço de tudo o que foi bom e ruim, nós não somos máquinas, somos seres humanos e temos limites e estes precisam ser respeitados.

A Bíblia diz que para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus; tempo para nascer, tempo para plantar, e tempo para arrancar o que foi plantado; (Ecle. 3:1s) e que Deus fez tudo formoso em Seu tempo (Ecle. 3:11a). Então, há um período para sermos crianças e vivermos como crianças, e haverá o tempo de nós crescermos e vivermos a fase de adolescente, jovem, adulto etc. Então, para quê tanta pressa?

No nosso interior isto significa fazer uma boa confissão, colocar tudo para fora, esvaziar-se diante de Deus e deixar que Ele reorganize.

Jerry Seinfeld foi protagonista de um dos maiores sitcoms (seriados norte-americanos na TV). Perguntado por que teria recusado uma proposta milionária para ser autor de uma série de televisão, ele disse de modo simples: “É como quando você vai a um restaurante, e a comida está muito boa, e você come muito bem. Mas tem um ponto em que você percebe que, com mais uma garfada, você pode estragar uma bela refeição. Não é uma questão de quantidade. Você apenas sabe. E você sabe, sente que deve parar naquele momento”. Então, fica aqui a dica do Seinfeld: você deve aprender a sentir o momento certo de finalizar sua apresentação, foi o que fiz, o bom senso individual diz que está na hora de encerrar a coluna no jornal. Meus agradecimentos aos colaboradores, entre eles, Cecília Castro Botto, minha fiel escudeira; Arnaldo Melo, leia-se Papelaria Arnaldo que nos apoiou até o final; o professor Bady Casseb que nos deu assistência jurídica; os fiéis leitores que conquistamos em quase um ano e quatro meses de convivência; os funcionários de A GAZETA da redação ao pessoal de apoio; as fontes que nos possibilitou bons furos de reportagem; os patrocinadores, mesmo aqueles que nos deixaram no meio do caminho; os diretores Silvio Martinello e Ivete Martinello, que abriram o espaço valoroso para que a população tivesse vez e voz; enfim, a todos que nos prestigiaram direta ou indiretamente com críticas e sugestões cada linha escrita da VOZ DO POVO no Acre, o Brasil e o mundo, também através da internet, mais uma vez, meu muito obrigado pela oportunidade.

“Por um cravo, perde-se a ferradura, por uma ferradura, um cavalo e, por um cavalo, o cavaleiro”.

 (Frei Luis de Granada)

Fiquem com Deus, uma boa semana e sucesso!!!

Assuntos desta notícia

Join the Conversation