Política local 13/06/2010

“As pesquisas já mostram Tião Viana liderando no Vale do Juruá”.

Revelação do ex-governador Jorge Viana na convenção do PP.

Faltou vibração
Faltou vibração na convenção do PP que reuniu aqui as maiores estrelas da FPA. Fora a animação do grupo do deputado federal Gladson Cameli (PP), o restante foi uma platéia fria.

 Não posso
Para não falsear a realidade, não posso retratar diferente o clima da convenção.

Ficou pior
A pasmaceira ficou pior quando a torcida organizada do deputado federal Gladson Cameli (PP) se retirou do ginásio após sua fala, com uma farta reclamação dos oradores que o sucederam.

Dedução clara
De tudo isso o que se pode deduzir é que a candidatura Glad-son Cameli (PP) é muito forte no Juruá, onde os candidatos majoritários vão precisar muito dele para alavancar seus nomes.

 A cutucada de praxe
A fustigada na oposição veio do ex-governador Jorge Viana ao pedir que os eleitores do Juruá “não votem nos deputados traíras” que, na Aleac, boicotaram o governo Binho Marques.

Endereço certo
Outra alfinetada teve endereço certo: o candidato Sérgio Petecão. “Para senador, não votem naqueles que nos enganaram. Quem engana uma vez, engana três”.

Palma da mão
O discurso do candidato ao governo, senador Tião Viana (PT), foi de quem domina os dados administrativos, sempre citando números, passando uma imagem de preparo para o cargo.

Fato notado
Em momento algum foi citado o nome do prefeito Wagner Sales, fato notado entre os jornalistas. 

Cabo-eleitoral
No Juruá, sorte dos ex-prefeitos Deda (PP) e Itamar de Sá (PT), candidatos a deputado estadual, devido às gestões claudicantes dos sucessores em Rodrigues Alves e Thaumaturgo.

Bola de neve
O prefeito de Marechal Thaumaturgo, Randinho (PMDB), só de dívidas no comércio de Cruzeiro do Sul, se comenta por aqui, ultrapassam a casa do 1 milhão de reais.

Pagar como?
Isso mostra um destempero administrativo de quem trabalha com um orçamento mixuruca.

Ela colou!
A repórter da TV-ALDEIA, Lu-ciana, que interpretou o Hino Acreano na convenção do PP tem uma bela voz, mas não decorou a letra: ou não teria levado uma “cola” num pedaço de papel.

Comentário jocoso
Ao ouvir um comentário sobre a ausência do ex-governador Orleir Cameli na convenção, um gaiato disparou: “deve estar contando o dinheiro que ganhou até aqui de obras do governo”.

Esquema pesado
Está sendo montado na prefeitura da Capital e no Governo um esquema pesado para eleger Sibá Machado (PT) a deputado federal, esquema de candidato majoritário.

Olha o Arquilau!
Evandro Luzia, Evandro Luzia, olha o Arquilau!

Em alta
O vice-governador César Messias conquistou de vez a confiança dos cardeais do PT. O governador Binho a ele se refere como “meu professor”. O que a política não faz!

Washington Aquino
Após cair em desgraça no governo Binho Marques, o jornalista Washington Aquino se refugiou na distante Porto Walter, onde comanda sua rádio, a Ocidental FM 90.1.

Belo discurso
Quem fez um belo discurso foi o deputado federal Henrique Afonso que conseguiu até mexer com os sentimentos dos “caciques” do PT.  Henrique será bem votado no Juruá.

Bem articulado
Outro que está muito bem articulado no Juruá é o deputado federal Fernando Melo (PT), sendo um dos favoritos da atual bancada de parlamentares para retornar à Câmara Federal.
 
Estranho ninho

O ex-prefeito de Mâncio Lima, Luiz Helosman, continua um estranho no ninho da FPA. Passou toda convenção sentado na arquibancada, naquela de rei morto, rei posto.

Discurso cortês
Quem fez um discurso cortês foi a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB). Colocou os deputados Henrique Afonso, Gladson e Fernando Melo ao seu lado, e elogiou o trabalho de todos.

Quase prefeito
Quem também deu seus ares pela convenção foi o “quase prefeito” Zinho (PP).

Manter a votação
Quem vez por outra visita Cruzeiro do Sul é o deputado Elson Santiago (PP). Pretende passar dos mil votos conseguidos na sua última eleição.

Fortuna de fogos
O vice-governador César Messias (PP) deve ter gastado uma boa grana com fogos. Quando seu nome foi anunciado para falar foi dez minutos de foguetório.

Desfazer boatos

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Wagner Sales (PMDB), precisa desmentir boatos políticos que correm a seu respeito de um suposto acordo com o PT para não entrar na campanha dos candidatos ao Senado da oposição (do que duvido), que os adversários estão espalhando na cidade. Os detalhes dos comentários lhe queimam, devido ter sido eleito como oposição ao PT.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation