Política local 19/06/2010

“Esse é um problema interno do PMDB que tem que ser resolvido”.

Deputado federal  Petecão (PMN) sobre o apoio de Cleidson Rocha à FPA.

Prensa de engenhoca
O deputado Luiz Calixto (PSL) vai pedir na reunião de hoje da oposição que o PMDB puna o prefeito Cleidson Rocha (PMDB), que declarou apoio à chapa majoritária da FPA, sob pena de aliar-se ao grupo contrário à entrada do PMDB na aliança do PSDB. Não há sentido, para ele, uma coligação de fachada. Se não houver punição a porteira da traição estará aberta, adverte.

Tese reforçada
A notícia da traição do prefeito Cleidson Rocha (PMDB) só reforçou a posição do deputado N.Lima (DEM), contra a aliança PMDB-PSDB, de que o PMDB não seria leal à chapa tucana.

Previsão sombria
N.Lima (DEM) fez ontem uma previsão sombria: “o Petecão se prepare porque o único prefeito do PMDB que efetivamente vai entrar na sua campanha é o Padeiro, do Bujari, por ser leal”.

Descrente com o Juruá
N.Lima também é descrente que o prefeito de Cruzeiro do Sul, Wagner Sales (PMDB), se engajará na campanha da oposição. Ele não já conversou com o Edvaldo Magalhães?, indaga com ironia.

Outra versão
Uma versão circulava nos bastidores no início da semana que Cleidson Rocha já tinha a anuência da cúpula do PMDB para apoiar a chapa da FPA e por isso não fez nada escondido.

Chapa diferente
Por essa versão, Cleidson teria acordado com os dirigentes do PMDB que apoia-ria a chapa para o Senado com Edvaldo (PCdoB) e Petecão (PMN), Tião Viana (PT) ao governo e a reeleição dos deputados Flaviano Melo (PMDB) e Antonia Sales (PMDB), o que descumpriu em parte.

Santa ingenuidade
É por isso essa santa ingenuidade de indignação com a posição do prefeito de Mâncio Lima, Cleidson Rocha (PMDB), não tem nenhum sentido, porque era o óbvio.

Não há como punir
O deputado federal Flaviano Melo (PMDB) me disse ontem que não há como o PMDB punir Cleidson Rocha (PMDB) por traição, devido a aliança nacional entre PT-PMDB.

Ganha na nacional
Para Flaviano Melo, o mais sensato é conversar com o prefeito Cleidson Rocha (PMDB), ouvir suas razões, até porque se o punirmos no diretório regional ele ganha na direção nacional, diz.

Notícia confirmada
Há 25 dias antecipei que o ex-prefeito de Brasiléia, Aldemir Lopes (PMDB), seria procurado por um dirigente da FPA para entabular uma conversa visando seu apoio: o fato já aconteceu.

Cotado para vice
Aldemir (somaria muito no Vale do Acre) é dos mais cotados para ser o vice de Tião Bocalom (PSDB). Não creio que aceite, seria como que navegar num mar revolto em canoa furada.

Quebrar tabu
No atual contexto ninguém se admire se o senador Tião Viana (PT) quebrar o tabu do PT não ganhar em Cruzeiro do Sul e for o mais votado ao governo naquele município.

Meta futura
E depois disso a meta da FPA é trabalhar para eleger o empresário Zinho Santos (PP) prefeito de Cruzeiro do Sul, ficando no domínio dos maiores colégios eleitorais do Acre.

Não perdoa
É a maior ingenuidade pensar que o PT vai deixar barato a vitória do prefeito Wagner Sales (PMDB) na última eleição municipal, até porque derrotaria o último cacique do Juruá.

Base na fronteira
O deputado federal Fernando Melo (PT) fez ontem uma grande reunião em Brasiléia, onde vai montar um comitê político para coordenar a sua campanha naquela região.

Só incentivo
O TRE só merece incentivo pelas suas últimas decisões em brecar a propaganda antecipada. E espera-se que seja mais duro ainda na campanha com os candidatos que compram votos.

Não será difícil
O comando da campanha do deputado federal Henrique Afonso (PV) trabalha para trazer ao Acre personalidades evangélicas nacionais para dar testemunhos a favor de sua candidatura.

Desastre geral

Nem o PMDB vai punir por infidelidade partidária a decisão do prefeito de Mâncio Lima, Cleidson Rocha (PMDB), por apoiar a chapa majoritária da FPA, e tampouco os dirigentes da aliança puxada pelos tucanos vai barrar por esse fato a entrada do PMDB na coligação, como alguns pretendem, por um motivo óbvio: estão sem cacife para vôos solitários.

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation