Política local 270/06/2010

“Volto a dizer que se o Pianko não vier depor na CPI rasgo meu diploma de deputado”.

Deputado Luiz Tchê (PDT)

Caso a caso
Não é simplesmente estar na chamada “lista negra” do TCE e TCU que um candidato terá o registro de sua candidatura negado pela Justiça Eleitoral. Pelo que têm dito os juízes do TRE-AC, cada caso será apreciado no seu contexto. Há nome nessas listas por má aplicação de recursos, mas também há por inobservância técnica, o que difere. Por isso a análise individual.

Apostando no filão
Ao colocarem dois pastores nas suas chapas majoritárias os partidos de oposição resolveram investir no filão evangélico, só que votos de crentes quebram mais do que arroz de terceira.

Marola fraca
Dirigentes da oposição não deram bola para a tentativa de rebelião comandada pelo ex-prefeito Normando Sales (PSDB): “vai para onde? O PT o quer longe”, comentou um deles.

 Poderio financeiro
A candidata a deputada federal Antonia Lucia (PSC) deu com seus candidatos a deputado estadual, uma prova de poderio financeiro ontem na convenção dos partidos de oposição.

Outra conversa
Barulho na convenção é fácil fazer, basta ter dinheiro, já colocar votos nas urnas é outro papo. Todo ano é a mesma coisa, faz zoa-da, faz zoada, mas na hora dos votos esses desaparecem.

Some no vento
Que o nome do Sérgio Petecão (PMN) ao Senado pegou vento é uma realidade atual, mas se não tiver estrutura (já anda chorando a falta de recursos) isso poderá sumir na campanha.

Outros tempos
A meta do Márcio Bittar (PSDB) é sair desta eleição como o mais votado para Câmara Federal.  Mas, isso não se consegue com conversa bonita e tapas nas costas, os tempos são outros.

Conversa preliminar
Se tinha autorização para o contato não se sabe, mas um emissário procurou o secretário-geral do PTB, Osmir Lima, em nome do Normando Sales (PSDB), para uma aproximação com a FPA.

Eminência parda
Osmir é hoje entre os nanicos, a “eminência parda” da candidatura Edvaldo Magalhães (PCdoB) a senador.

Começo do pesadelo
É o dia 5 de julho chegar (data que começarão a serem julgados os pedidos de registros de candidaturas) para começar o pesadelo dos com pendências jurídicas no TCE e TCU.

Apanhado rápido
Num apanhado rápido, 15 candidatos deverão ter os registros negados no TRE/AC.

Terra de ninguém
A candidata a deputada federal, Solange Pascoal (PMN), não conte abocanhar os votos de Senador Guio-mard que, por estar na biqueira da Capital, é furado pelos demais candidatos.

Negócio de ocasião
Segundo fonte do PMDB, a candidatura do vereador Rodrigo Pinto a deputado estadual com apoio da executiva na campanha, foi a contrapartida pelo fim de sua candidatura ao governo.

É persistente
O mecânico Rabêlo Goes (PMDB) a cada eleição aumenta sua votação e não será surpresa este ano se chegar aos 4 mil votos. E consegue tudo no convencimento, pois recursos lhes faltam.

Lista dos favoritos
Se a FPA eleger seis deputados federais é quase provável que a lista esteja assim composta: Gladson Cameli, Perpétua Almeida, Fernando Melo, Henrique Afonso, Sibá e Thaumaturgo Lima.

Mas é difícil
Zebras existem na política, mas é difícil que apareça na chapa da FPA para deputado federal.

Bem estruturada
Pelo relato ouvido ontem de importante dirigente do PT, não será demais dizer que a candidatura do Ermício Sena (PT) a deputado estadual tem tudo para dar certo.

Não é programa
O candidato ao governo, Tião Bocalom (PSDB), precisa urgente explicitar o seu plano de governo. Simplesmente dizer ser “contra o PT” não é projeto, mas antipatia pessoal.

Correria doida
A oposição ainda ontem andava catando mulher a laço para ser candidata a deputada porque ficou longe de completar a cota estipulada pela Justiça Eleitoral.

Apenas aparente
Essa unidade apregoada pela oposição é apenas aparente. O pau está quebrando nas chapas proporcionais, inclusive, com ameaças claras de boicote à candidatura do Sérgio Petecão (PMN).

E não é?
Antonia Lucia e o pastor Ildson andam nas igrejas pedindo para não votarem no candidato Tião Viana (PT) por Dilma Rousseff ser a favor do casamento gay. E o Serra também não é?

Argumento infantil
Esse é o tipo do argumento infantil. A discussão tem que ser em cima de quem melhor pode ajudar o desenvolvimento do Acre.

Não só isso
Do TRE/AC se espera não apenas degolar os candidatos atingidos pelo projeto “Ficha Limpa”, isso é fácil, mas montar um esquema com a PF para flagrar os compradores de votos. Virou uma desgraça nos bairros a montagem de listas sob pretexto de trabalhar no dia da eleição. É um expediente que virou prática de quase todos os candidatos a deputado. E tudo feito de forma aberta e descarada.  Ou se combate essa prática ou essa bandalheira estará oficializada.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation