Política local 29/06/2010

“Não posso deixar de apoiar os candidatos da oposição em hipótese alguma”.


Prefeito de Cruzeiro do Sul, Wagner Sales (PMDB).

Pipocar de boatos
Ontem, nos bastidores era um pipocar de boatos que o ex-deputado federal Márcio Bittar (PSDB) teria intermediado o apoio da ex-prefeita Toinha Vieira (PSDB) à candidatura do comunista Edvaldo Magalhães (PCdoB) ao Senado. Mas, Bittar considerou ontem a boataria como “a coisa mais louca que já ouviu”, e se disse fiel às candidaturas majoritárias da oposição.

Projeto maior
Profundamente irritado, Márcio diz que se não entrar com todo vigor nas campanhas majoritárias da oposição, não tem como viabilizar sua candidatura à PMRB em 2012.

Não tem voto
Sobre o ex-prefeito Normando Sales (PMDB) ouvi ontem de um integrante da FPA o seguinte comentário: “o problema do Normando é que quer muito para apoiar a FPA e não tem votos”.

Buscar contraponto
Ontem, um candidato a deputado da FPA, evangélico, se dizia preocupado com a forte campanha nas igrejas vinculando as candidaturas majoritárias do PT ao apoio ao aborto e ao casamento de gays. Acha que a FPA deve buscar urgente um contraponto, pois está pegando.

Posição clara
O senador Tião Viana (PT), por exemplo, foi testemunha de defesa do deputado Henrique Afonso (PV) no processo que o puniu por ser contra o aborto, então é falsa essa rotulação.

Estaria liquidado
O prefeito de Cruzeiro do Sul, Wagner Sales (PMDB), disse que, em que pese as propostas recebidas, não tem como não apoiar a oposição, pois se não o fizer estará liquidado no Juruá.

Disputa bem
Os candidatos a deputado estadual da aliança PMN-PPS-DEM-PTdoB podem começar a se preocupar com o Jamil Asfury (DEM), nesta eleição com uma campanha bem mais organizada.

Chico Doido
Chico Doido foi a atração no comício da convenção dos partidos de oposição. Se apresentou aos presentes como “Chico Doido, um candidato doido por votos”.

Pouca dúvida
A FPA caminha para fazer 6 deputados federais. Dos 20 candidatos da oposição, apenas Flaviano Melo, Antonia Lucia, Márcio Bittar e Aldemir Lopes têm votos, o resto é pingado.

Bem na fita
Conversei ontem com um político do Juruá sobre candidaturas a deputado federal e ele foi incisivo no comentário de que Henrique Afonso (PV) será um dos mais votados na região.

Buscar urgente
Tião Bocalom (PSDB) precisa apresentar seu projeto de desenvolvimento do Acre para ser posto no debate, pois até aqui tem se limitado a dizer que foi um bom prefeito de Acrelândia.

Não é referência
Ora, ter sido prefeito de Acrelândia, menor que o bairro da Sobral, não é referência de gestão.

Justa razão
O deputado Donald Fernandes (PSDB) tinha justa razão em protestar: a chapa PSDB-PSL não deve fazer mais que três deputados estaduais.

Briga feroz
E disputando essas vagas estarão Wherles Rocha, Calixto, Josemir Anute, Marleide Serafim (irmã do deputado Mazinho), Luiz Gonzaga,  Bebeto Filho e o próprio Donald, numa briga de foice.

Belo exemplo
O prefeito de Feijó, Dindim (PSDB) paga aos médicos R$ 4.500 mil. Se os demais prefeitos do interior seguissem seu exemplo não estariam com dificuldades em contratar profissionais.

Turma dos pendurados
Numa contagem rápida feita ontem com colegas, se listou rapidinho 30 nomes de candidatos que poderão ter problemas com o registro de suas candidaturas devido ao “Ficha Limpa”.

Está delirando
O presidente do PMN, Sérgio Petcão, aposta que a candidata a deputada federal Solange Pascoal (PMN) poderá chegar aos 20 mil votos. É muito delírio, é muito delírio…..

Toma uma vaga
De quem não sei, mas não tenho dúvida que a ex-prefeita de Sena Madureira, Toinha Vieira (PSDB), vai tomar a vaga de um dos deputados da oposição.

Pesquisa em campo
A partir da próxima semana começa uma rodada de pesquisa para o Governo e Senado.

Nada novo
O vereador Pitel (PMDB-Sena Madureira) vai apoiar a chapa majoritária da FPA. Nada de novo porque na eleição municipal ele já apoiou Nílson Areal, que era o candidato da FPA.

Tira votos

Os dirigentes da FPA vão correr um risco de granjearem antipatia caso tenham no palanque o prefeito Carlinhos César (PSB), porque a sua imagem é muito ruim. Por enquanto não há nada oficial que o envolva no “caso Pinté”, mas terão que ter muita cautela com esse apoio, que pode tirar mais votos do que dar, já que entre a população há muitos comentários. Essa análise, eu ouvi ontem de dois empresários de Acrelândia, que votam nos candidatos da FPA. Previram: “com Carlinhos no palanque a oposição ganha em Acrelândia”.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation