Polícia Federal: 3 mil vagas disponíveis na área policial

Com necessidade de reforço no quadro de policiais e mais de três mil vagas disponíveis para preenchimento por meio de concurso, a Polícia Federal (PF) trabalha para a realização de novas seleções. Já há pedido de concurso no Ministério do Planejamento para o cargo de papiloscopista – segundo o departamento, para aproximadamente 100 vagas – e novas solicitações podem ser encaminhadas ainda este ano.

Para papiloscopista, a PF não conta com novas admissões desde 2005, o que pode fazer com que a seleção seja a primeira a ser autorizada, independente das solicitações futuras. De acordo com dados do Planejamento, no fim de 2009 havia 102 vagas ociosas no cargo, que tem como requisito o ensino superior completo em qualquer área, e proporciona vencimentos iniciais de R$ 7.514,33.

Para os cargos de agente e escrivão, que contam com 1.631 e 1.046 vagas ociosas, respectivamente, tanto os requisitos como os vencimentos são idênticos aos de papiloscopista. Há seleção em andamento para 200 vagas de agente e 400 de escrivão, sendo que para este último já há sobra de vagas, pois não foram classificados candidatos suficientes para a segunda etapa.

Os outros cargos são os de delegado e perito. O primeiro é destinado a quem possui formação superior em Direito (bacharelado), enquanto que o segundo tem como requisito o ensino superior completo em área específica (a ser definida no edital do concurso). Para ambos, os vencimentos iniciais são de R$ 13.368,68. Em todos os casos, é necessário ainda possuir a carteira de habilitação na categoria B ou superior. Os próximos concursos para a área policial da PF devem seguir o modelo utilizado na seleção para agente e escrivão aberta no ano passado, cujo curso de formação profissional, segunda e última etapa do concurso, deve ser concluído no próximo dia 18.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation