A moralização da política

Fica mais uma vez provado que quando a sociedade se mobiliza importantes mudanças podem ocorrer no país. Todo o processo que envolveu a aprovação do projeto Ficha Limpa na Câmara Federal e no Senado aconteceu com rapidez devido à pressão popular.

E quando tudo indicava que Lei valeria só para as próximas eleições novamente o apelo popular foi mais forte. Com a decisão do TSE, aquelas figuras políticas carimbadas por passados duvidosos correm o risco de serem alijadas das eleições 2010.

É um avanço para a democracia brasileira que poderá ter representações executivas e parlamentares mais verdadeiras. O Ficha Limpa também servirá de aviso para aqueles que antes cometiam crimes contra os cofres públicos e se defendiam justamente através da imunidade de mandatos eletivos.

O fato é que o Brasil está amadurecendo. Se os parlamentares ainda não tiveram coragem de fazer a Reforma Política, a população se encarregou de dar um importante passo nessa direção. O Ficha Limpa é uma antecipação dos desejos de mudanças do processo político.

Mostra o cansaço popular de assistir impassível aos crimes contra o patrimônio público contemporizados por interesses políticos eleitorais mesquinhos. Com essa gente “suja” fora do processo, a maior atração das próximas eleições será a ficha limpa.  

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation