Prefeitura encerra curso para capacitação de tratoristas

A prefeitura de Rio Branco encerrou no sábado, 12, no km 52 da Transacreana, o curso de operador de trator com especia-lização em tratores agrícolas. Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento rural sustentável, a Secretaria Municipal de Agricultura e Floresta (Safra) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) realizou no perío-do de 7 a 12 de junho, um curso profissionalizante para tratorista com especialização em tratores agrícolas.

O curso teve como público alvo os produtores da zona rural de Rio Branco, aconteceu em três etapas: conhecimento de máquinas e implementos, manutenção preventiva de tratores agrícolas e conhecimento e conservação dos solos e regulagem de implementos agrícolas.

De acordo com o coordenador, Luciano Dias, o principal objetivo do curso era oferecer capacitação adequada aos produtores rurais e assim, diminuir a demanda da Safra e, sobretudo, promover qualidade de vida ao homem do campo. “Muitos produtores investiram na compra de equipamentos, mas não sabem operar, então, continuam dependentes da Safra nos serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). Com o curso estamos habilitando-os a operarem com segurança e ao mesmo tempo, diminuindo a demanda da Secretaria de Agriculta”, diz ele.

Ao todo, 26 produtores rurais e filhos de produtores, foram capacitados para trabalharem com máquinas e implementos agrícolas. Todos foram unânimes em afirmar que além de poderem operar seus equipamentos a partir de agora, a capacitação também contribui para o currículo profissional de cada um, o que significa um acréscimo na renda familiar.

O curso ministrado pelo Senar ensinou aos participantes sobre a manutenção de tratores agrícolas, manejo, segurança no trabalho, conhecimento e conservação dos solos e preservação do meio ambiente.

Município investiu mais de R$ 20 milhões no fortalecimento da agricultura familiar – O investimento na aquisição de máquinas e implementos agrícolas têm sido uma das prioridades do prefeito Raimundo Angelim na gestão do município desde 2005. A ação tem o objetivo de desenvolver na zona rural da Capital, novas tecnologias adequadas à produção familiar, visando o aumento da produtividade e, principalmente, reduzindo os danos ambientais, notadamente a queima de roçados durante o verão.

A prefeitura de Rio Branco investiu nos últimos cinco anos R$ 20 milhões na produção rural. Foram adquiridos durante esse período mais de 500 máquinas e equipamentos. Os recursos beneficiaram mais de 70 associações de produtores rurais e cinco cooperativas. (Ascom PMRB)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation