Professor acusado de estuprar aluno é condenado a 12 anos de prisão

O professor de ensino fundamental, Antônio José de Castro Souza, 38 anos,  acusado de estuprar um aluno de seis anos, foi condenado ontem, 24, a 12 anos de prisão.

A sentença foi determinada pelo juiz Fernando Nóbrega, da 2ª Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Rio Branco.

O professor foi sentenciado no Artigo 217-A, do Código Penal, que trata de estupro de vulnerável. O juiz entendeu que o professor violentou a criança.
Segundo o processo o crime aconteceu no dia 18 de março deste ano, quando, segundo relatos da criança vítima, o professor teria tirado a criança de dentro da escola e a levado até sua casa com a desculpa de que iria pegar um violão.

O caso foi denunciado pela mãe da criança ao Núcleo de Atendimento a Criança e Adolescente Vítima de Violência (Nucria).

Ao saber da denúncia o professor Antônio Castro optou por fugir permanecendo vários dias foragido e somente através de um acordo de que não teria sua imagem divulgada na mídia o professor resolveu se entregar à Justiça, sendo imediatamente encaminhado ao presídio. 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation