MP Eleitoral aciona PP, Gladson e César por campanha antecipada

O Ministério Público Eleitoral no Acre (MPE/AC) representou junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) contra o Partido Progressista (PP), o vice-governador César Messias e o Deputado Federal Gladson Cameli, os dois últimos pretensos candidatos à reeleição pela referida sigla, por terem utilizado inserções do horário de propaganda partidária gratuita para fazer propaganda eleitoral.

A propaganda eleitoral só é permitida a partir do dia 06 de julho do ano das eleições e mesmo assim não pode ser divulgada no horário de propaganda partidária, reservado para a promoção dos ideais, estatuto e projetos do Partido e não de seus candidatos. No caso, César e Messias e Gladson aparecem apresentando as propagandas do PP e promovendo os próprios nomes e o de outros pré-candidatos da coligação a que pertence o partido.

Os pedidos da representação são para que a propaganda seja imediatamente suspensa e, após o julgamento do mérito, os representados sejam multados nos valores previstos em Lei, que podem variar de R$ 5 mil a R$ 25 mil para cada um. (Ascom MPF)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation