Gazetinhas 15/07/2010

* E o frio chegou.

* O cheiro de naftalina está no ar.

* É bom agasalhar os velhinhos.

* Frio e fumaça das queimadas urbanas não fazem bem a ninguém.

* Uma, duas, dez, quinze, vinte, vinte e uma facadas.

* Até agora ninguém teve acesso a um laudo que dissesse com quantas facadas, na realidade, Ana Eunice foi morta.

* Dá arrepios só de pensar.

* Penso também que a vida humana é imensamente frágil quanto é imensamente grande a crueldade dos humanos.

* Humanos???

* Que humanidade é essa que se desrespeita, se violenta, se mata a troco de nada?!

* Poucos são os bichos que devoram a sua própria espécie.

* Na política a campanha já começou.

* Começou para alguns porque para outros a ficha suja vai atrapalhar o desenrolar da campanha.

* Quem insistir em fazer campanha com a ficha suja pode gastar tempo, saliva e alguns trocados.

* Recorrer ao TSE, Tribunal Superior Eleitoral, pode até dar um alívio mas, em muitos casos, não vai adiantar.

* Ontem completou 111 anos da proclamação da República Independente do Acre.

* Vanguardista, o espanhol Luís Galvez tinha em seu plano de governo até o Ministério da Indústria.

* Salve Galvez!

* O sistema “S” deve rever seus conceitos. Seus cursos não são acessíveis para pessoas de renda média/baixa.

* Onde já se viu um curso de 40 horas de Informática Básica, para crianças de 7 a 12 anos, custar R$ 120,00?!

* Com muito menos as crianças da periferia vão à uma lan house e aprendem a entrar na internet, a usar a ferramenta de texto e navegar.

* Mesmo um trabalhador do sistema “S” teria dificuldades de pagar um curso tão caro para seu filho.

* Agora vai!

* Depois que o governador Binho Marques engrossou a fila dos insatisfeitos com o fornecimento de luz no Acre, a si-tuação se modifica.

* Juíza Regina Longuini concedeu parecer favorável ao pedido do governo e definiu que Eletrobras, Eletronorte e Eletroacre terão 30 dias para reativar as usinas termelétricas de Rio Branco.

* Atualmente, apenas uma das três usinas está em funcionamento.

* A decisão é clara e o fornecimento de energia deve ser permanente e ininterrupto.

* As empresas têm no máximo 60 dias para apresentar o plano definitivo de fornecimento de energia para o Estado do Acre.

* A multa para o descum-primento das decisões após os prazos estipulados pela Justiça é de R$ 50 mil por dia.

* Vai ser a treva para essas empresas!

* Bem feito!

 * Eliane Sinhasique – Substituta.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation