Política local 22/07/2010

“Irei a todos os debates com a oposição na imprensa para os quais eu for convidado”.

Candidato ao governo, senador Tião Viana (PT).

Revolta do Lula
O presidente Lula conversou com o ex-governador Jorge Viana e disse do descontentamento com o fato da candidata à presidência, Dilma Rousseff (PT), aparecer em último lugar nas pesquisas, no Acre. Lula falou em tom de desabafo que até aceitava a Marina (PV) ser a mais votada no Estado, mas não que ela e Dilma ficassem atrás de Serra, que nada fez pela região.

Argumento verdadeiro
Lula usou como argumento para a queixa o Acre ter tido fartos investimentos no seu governo. A revelação do diálogo foi feita por Jorge Viana, ao falar na inauguração do comitê da FPA.

Esforço concentrado
Em cima disso, Jorge Viana pediu mais empenho aos militantes e candidatos da FPA presentes na inauguração do comitê, para que redobrem o trabalho a favor de Dilma Rousseff (PT).

Não me toque
Colegas do jornalista Edvaldo Sousa da Rádio Difusora criticavam ontem o que chamavam de  “petulância e cômico”, o fato dele chegar nos lugares para pedir votos cercado de seguranças.

Nem o Tião
Observavam os radialistas que nem o Tião Viana (PT), candidato ao governo, anda com tanto aparato de segurança, e que por isso será raro o voto que Edvaldo Sousa terá entre os colegas.

Cadê a procuração?
O candidato a deputado federal, Jessé Santiago (PSB), embute em seu jingle (muito ruim) de campanha a mensagem que quem votar nele será “abençoado”. Cadê a procuração de Deus?

Bomba desativada
Apagado a tempo pelo prefeito Angelim o estopim de uma bomba política que ia ser ativada por um secretário municipal, sem seu conhecimento, que teria rescaldos na Justiça Eleitoral.

Deitar e rolar
Se a bomba explodisse a oposição teria uma bela bandeira de campanha, ia deitar e rolar, e traria prejuízos às candidaturas majoritárias da FPA . O que seria uma bela burrice explícita.

Es temprano
Ontem, na inauguração do seu comitê, o ex-governador Jorge Viana fez uma análise sensata: acha que somente no final do próximo mês, quando a oposição e a FPA estiverem em plena campanha, é que uma pesquisa dará um retrato mais fiel das candidaturas majoritárias.

Cutucada irônica
Jorge aproveitou para fazer uma ironia com a oposição por não ter colocado como candidatos majoritários seus maiores expoentes, como Márcio Bittar (PSDB) e Flaviano Melo (PMDB).

Campanha colada
Ele está jogando tanto suas fichas para eleger Edvaldo Magalhães à segunda vaga de senador, que montou um comitê conjunto, a ele se refere como “Edvaldo Lealdade Magalhães”.

Preocupação constante
Ficou claro na entrevista de ontem aos colunistas políticos sua chateação com o fato de Dilma Rousseff (PT) estar perdendo para José Serra (PSDB), no Acre, a quem prometeu “desidratar”.

Entrevista sólida
O candidato ao governo, Tião Viana (PT), deu mostras na sua entrevista na TV-GAZETA, que vai tratar a Saúde como questão pessoal para melhorar o atendimento atual, que tem suas falhas.

Falta amor
Tião considera que muito já foi feito pelas gestões da FPA, mas falta cultivar no corpo médico, de enfermagem, funcionários, que os pacientes devem se tratados com muito respeito e amor.

Projeto interessante
Chamou atenção também na entrevista um projeto ousado de pavimentar com tijolos todas as ruas da periferia, de todos os municípios, porque a seu ver isso ensejará emprego e renda.

Sem olhar
Com isso olarias serão montadas, mão-de-obra não qualificada pode ser aproveitada e diz que pretende executar o projeto em parceria com todos os prefeitos, independente de partido.

Reunião fechada
Ontem, em Cruzeiro do Sul aconteceu uma reunião fechada entre o prefeito Wagner Sales, Flaviano Melo, Sérgio Petecão e Tião Bocalom, para definirem uma estratégia para o Juruá.

Esforço concentrado
Ficou acertado um esforço concentrado de toda a oposição, no Juruá, após o fim do novenário (15 de agosto), que é quando começam as campanhas políticas em Cruzeiro do Sul.


Curtas e curtas
*** O deputado Walter Prado (PDT) conseguiu fechar o apoio em Tarauacá do vereador “Chico Hulk” (PDT), o mais votado do município. *** O prefeito Dindim (PSDB) está aceitando apostas que a oposição levará a maioria dos votos de Feijó. ***Candidatos que tiveram registros impugnados reforcem o estoque de lexotan. O TRE começa julgar os processos na próxima semana. *** Confiando nos muitos $$ garantidos pelo secretário Gilberto Siqueira, a candidata a deputada estadual, Telma Chaves, alardeia que já ganhou. Pode ser capoeira ou balsa, né?

Assuntos desta notícia


Join the Conversation