Política nacional 28/07/2010

“José Serra vestiu o figurino de direita troglodita”.

José Eduardo Dutra, presidente do PT, sobre a guinada conservadora do tucano

Bahia: vizinho ilustre excita condomínio de luxo
Os moradores do exclusivíssimo condomínio Jardim Atlântico, de Ilhéus (BA), descobriram mais um vizinho ilustre, comprador de uma casa de 750 metros quadrados à beira-mar, identificado como um dos filhos do presidente Lula – que nos últimos anos se revelou um prodígio nos negócios. Lula já é figura carimbada por lá, hospedando-se sempre no resort Jardim Atlântico, aprazível cinco estrelas ligado ao condomínio.

Visita ilustre
Há registros de hospedagem de Lula, no resort Jardim Atlântico, nos dias 25 e 26 de março e, mais recentemente, em 13 de julho.

Na pista
O candidato tucano a presidente, José Serra, também esteve no resort exclusivo de Ilhéus, segunda-feira (26). Talvez para “assuntar”.

Governo nega
A Presidência da República se recusou a comentar, negando que a família Lula tenha feito investimento imobiliário à beira-mar de Ilhéus.

Complexo suíço
O condomínio Jardim Atlântico é obra de um grupo suíço, que o concebeu ao lado do seu hotel de luxo.

Última parada de Lula
Será uma despedida em grande estilo a festa de 7 de setembro, este ano, a última de Lula em Brasília. A Presidência da República vai gastar R$ 3 milhões, o triplo da despesa do desfile de 2009. A expectativa de público é a mesma: 20 mil, se a chuva ou o enfado dos brasilienses não atrapalhar. Lula e convidados assistirão ao desfile em tenda climatizada. Com geladeira e dez caixas de isopor, como ele gosta.

Relógio de ponto
Lula descumpre o prometido horário de “presidente de 8h às 18h”. O batente ontem começou às 9h. O último compromisso era às16h45.

Pergunta censurada
Como terá sido comemorado nos cárceres cubanos, segunda-feira, o “Dia da Rebeldia Nacional”?

Pensando bem…
…quem deveria mediar essa “negociação” de Lula com o porralouca Chávez deveria ser o rei Juan Carlos, o do “por qué no te callas?”….

Terra arrasada
Entidades ligadas ao patrimônio histórico estão de orelhas em pé com a notícia de que o ex-deputado José Edmar, que até já foi preso por grilagem de áreas públicas, confiante na eleição de Joaquim Roriz para o governo, teria “registrado em cartório” mais dez cidades no DF.

Uma boquinha, pá
Está pintando na telinha mais uma TV pública, a dos Países Lusófonos com o Brasil. As tratativas começaram esta semana em Lisboa, com a EBC, que faz a TV do Lula. Alguém ao menos verá a nova tevê?

Ilustre esquecido
O nome do candidato a governador pela coligação, Fernando Gabeira (PV), sumiu dos cartazes da mulher e da filha do prefeito de Duque de Caxias (RJ), Zito, candidatas a deputada estadual e federal pelo PSDB.

Fim de temporada
Está se mudando de mala e cuia para Londres o maestro Ira Levin, que recebia R$ 40 mil mensais na Orquestra de Brasília graças a emendas parlamentares da sogra, a ex-deputada cassada Eurides Brito.

Convidado trapalhão
O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, que se encontra hoje com Lula para discutir a crise Colômbia-Venezuela, já vem com opinião formada: é solidário com Hugo Chávez e culpa o governo colombiano.

Mundo zen
Ter uma embaixada em Funafuti (Tuvalu), como a coluna noticiou há dois meses, não basta: Lula oficializou a criação da embaixada em Katmandu, no Nepal. Haverá fila de brasileiros meditando no guichê.

Faz de conta
A Infraero manda cartas aos jornais negando que sua incompetência é que retém cargas no aeroporto de Manaus, mas não as envia às entidades empresariais do pólo. Porque elas sabem que é mentira.

Toque de caixa 
Para mostrar que os organizadores da Copa não têm o que temer, o presidente da Infraero, Murilo Barboza, prepara o anúncio do fim das reformas do aeroporto de Brasília – que mais parece uma rodoviária.

Mensagem do dia
Sorria, aposentado: vão entrar na sua conta onze reais de aumento…

PODER SEM PUDOR

Aposentadoria é pinto

Certo de que a intervenção de Jânio Quadros o ajudaria na aposentadoria, seu amigo esqueceu de levar a identidade.
– Eu moro muito longe… – desculpou-se no Instituto de Previdência.
– Abra sua camisa e mostre o peito, atalhou a atendente.
Ao tirar a camisa, apareceram os pêlos brancos do peito.
– Não precisa, se adiantou a mulher. Tenho certeza de que o senhor tem a idade que diz ter.
No Alvorada, o novo aposentado conta a “façanha do peito”.
– Parabéns, se o senhor tirasse a calça, com certeza ganharia outra aposentadoria! – brincou o ex-presidente.
– Como assim? – responde o amigo.
– Por invalidez definitiva.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation