Política nacional 29/07/2010

“Estrada ruim é estrada da morte”.

José Serra, candidato do PSDB, denunciando que as rodovias estão destruídas.

Lula demite diretores para tentar salvar a ECT
Lula não perdeu tempo e antecipou em três dias a demissão, prevista para sexta (30), do presidente da Empresa de Correios e Telégrafos, Carlos Henrique Custódio, e do diretor de Recursos Humanos, Pedro Magalhães, para tentar pôr fim à crise de eficiência e credibilidade da estatal, que vive o pior momento de sua história. Ele antecipou a decisão ao identificar um substituto para presidir a ECT: David José de Mattos, engenheiro, gestor e advogado há 30 anos no serviço público.

A madrinha
O novo presidente da ECT trabalhou com a ministra Erenice Guerra (Casa Civil) na estatal Eletrobrás. Foi ela quem o indicou a Lula.

Currículo
David de Mattos era diretor da Agência de Águas do DF e nem podia ser demitido, mas renunciou após a posse de Arruda no governo.

Já vai tarde
Acusado de priorizar mais os resultados contábeis que a eficiência dos Correios, Carlos Henrique Custódio não deixará saudades na ECT.

Tutti buona gente
Pedro Magalhães, também demitido da ECT, é irmão do deputado João Magalhães (PMDB-MG), fisgado pela PF na Operação João de Barro.

Servidores denunciam
Após a demissão de nove dos 14 diretores regionais de ensino suspeitos de simpatizarem com os candidatos a governador e a vice do DF Agnelo Queiroz (PT) e Tadeu Fi-lippelli (PMDB), funcionários da Secretaria da Agricultura denunciaram ao Ministério Público suposta coração para “ajudar” os candidatos a deputado Izalci Lucas (PR) e Liliane Roriz (PRTB), filha do ex-governador Joaquim Roriz (PSC).

Rosso foi às compras
O governador do DF, Rogério Rosso, viajou a Paris, onde pretende fechar a compra de dois aviões de combate a incêndios.

Ratolândia
Depois do Ministério da Justiça, é a vez da Presidência da República dedetizar prédio e palácios. Por R$ 16,4 mil, diz o site Contas Abertas.

Portas fechadas
Advogados e repórteres se queixam do bloqueio no acesso ao gabinete do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Cezar Peluso.

Fora do jogo
O Ex-líder do PP na Câmara Mario Negromonte (BA) diz a aliados que ainda não sabe se quer ser ministro, num even-tual governo Dilma, ou se volta à liderança, já que seu parceiro João Pizzolatti (SC) parece fora do jogo: na terça, sua candidatura foi impugnada pelo TRE.

E a Copa, ó
O Ministério Público Federal no Rio vai investigar supostas irregularidades do Ministério do Esporte com o Consórcio Gabison Eletromídia e construtora Camargo Correa, em obras do Pan 2007.

Piadista
Brincadeira ontem do secretário-nacional do PT, André Vargas, no twitter: “Não temos ligação. Você acha que se tivéssemos ligação com as Farc, o Indio e sua tribo estariam seqüestrados ou mortos. Rsss”.

O eterno retorno…
Presidente garanhão e ex-bispo do Paraguai, Fernando Lugo apareceu em foto, no jornal ABC Color, com suposto guerrilheiro do “Exército do Povo Paraguaio”, treinado pelas Farc em Barinas, Venezuela.

…das Farc no continente
O tal guerrilheiro é ex-aluno do Intituto Agroecológico Paulo Freire, que Hugo Chávez banca lá e aqui com o MST e o governo brasileiro, para a “produção sustentável”. Barinas é “point” das Farc.

Muso inspirador
O assessor para assuntos aleatórios de Lula, Marco Aurélio Garcia, escreveu sobre a escritora francesa Simone de Beauvoir quando dava aulas na Unicamp. Deve se achar o Sartre da campanha de Dilma.

Vida que segue
Cientistas espanhóis alertaram ontem que um grande asteróide pode atingir a Terra em 24 setembro de 2182. Só não explicaram se será durante a Voz do Brasil no rádio, ou no horário eleitoral gratuito na TV.

Sem canjica
Em decisão histórica, a Justiça Federal do Paraná revogou a comercialização no país do milho transgênico Liberty Link, da Bayer, aprovado pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança, sem plano de monitoramento. Proibiu colheitas no Norte e Nordeste.

Pensando bem…
…como os sentenciados de tornozeleiras, candidatos que têm carros de som deveriam ser condenados a ouvir suas musiquinhas de má qualidade a toda altura, em fones de ouvido, por toda campanha.

PODER SEM PUDOR

Falando sozinho

Às vésperas de assumir a presidência do Superior Tribunal de Justiça, o ministro Edson Vidigal trabalhava dia e noite, num ritmo alucinante. Certa vez, ao despertar às 6h, d. Eurídice, sua mulher, ouviu vozes no banheiro.
– Ficou maluco? Está falando sozinho? – perguntou, intrigada.
Era o ministro Vidigal iniciando mais um dia de sucessivas entrevistas, falando ao telefone com um madrugador programa de rádio gaúcho.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation