República Independente do Acre

SITASSÃO: “Quando não se sabe para onde ceguir, a peçôa em uma dúvida enoooooorrme!”-
Karyllyanny Silvia

SIGAMMMM1O peçoal não me esquessem, isso é uma das coizas mais o que Á no Kalunismo Social: é o Ó, ó!

Desde que eu xeguei de Camutama- arrastando uma cachorrinha, xeia de perebas e fui  tomar injeção de Papanicolau com o Doutor Amsterdam no Pronto Socorro, ninguéim nunca me tratou com tanto carinho num evento do Rái Soçaite, como a prefeita Leila.

Gentes mil me receberão como se fosse o meu nats de uma leide- que é o mesmo que Help birti dei tio you de um niver quando uma peçôa anivessareia in societi.

Dansei até Taquirári no Carnavale, e ainda comprei um celular xiquézimo em Cobija.(Agora só falta os doiz xips Riririri!)

Eu cempre sonhei em ser famoza como a Dona Jackie Pinheiro, ser fotografada ao lado do Dotô Raíz e ter Seu Altemir Paço mi mandando alô no programa dele,  e agora  que tudo iço está acontessendo na minha vida é que eu sou grata à as peçôas que mi ajudarão quando eu era apenas uma minina pobre, empregada na casa do Seu George Pinheiro.

Mural6

Esta titular, encastuada em gentes mil no Carnavale, maiz a pref. Leila: Maninha
Foi a Dona Ivete que me pocibilitou realizar tudo iço.

Dona Ivete é minha ídola, minha muza (E do Seu Silvio, claro!), e o Seu Silvio foi quem me introduzil na redassão, quando esse Matutinho só tinha a coluna do Seu Botto.

Se não fôce esses dois casal talveiz eu estivessi passando nessessidade,morando em alguma casa do Ipê, ou tentando sobreviver de um mandato parlamentar.

O tabelião do TRE é que não me deixa mentir, porque aquela – me polpem! – favela é o metro quadrado que mais perde valor no mercado imobiliário de Rio Branco e ainda bem que eu escapei dessa vida de pobre candidato.

Tirante a casa daquele gatinho do Seu Jorge Viana, nenhum bangalô daqueles tem valor.

Aliáiz, o Sup. Da Caixa, Seu Aurélio Cruz me deu uma entrevista coletiva excluziva ontem e ele dice que o peçoal do Ipê tem direito a sacar o FGTS da alagação de março.

Cei não, maiz pelas declarações e atestados de pobreza dos candidatos que moram no Ipê, não CEI como é que eles ainda consseguéim jantar no Point do Pato, onde só comem as peçôas mais mortas de xique do Jeg- set acreano.

Esta titular bem que tentou, mas aquele talzinho de Seu Luiz Theodoro – que veve me pessiguindo, me aboicontando e não me deixe se afilhiar- me na Associação dos comunistas Sociais, botou terra e não permitil que aquela entidade fizesse a campanha do agazalho de gentes como o Seu Edvaldo da Perpétua, o Seu Tião Viana e do Seu César Messias, que empobrecerão muito nesses anos no poder.

Desta kalunista vai os meus votos de “Deus lhes ajuuuuuuuuude!”ä todos esses peçual.

Na cemana que véim, esta titular vai promover um xá na R$ 5 mil e vai fazer um abaicho- acinado pedindo a inclusão dos moradores do Ypê no Bolça- família.

Me polpem!

Arre!

Se apagou- se a Luiz para todos da lã rauze onde eu estou escrevendo: se duvidar vai ser um apagão!

Ainda bem que aqui em Senador Guiomard, onde eu estou, agora tem ZEE – Zona de Esquecimento Energético, e dá tempo do seu Atrope – o meu xofér – levar a minha kalúnia para Rio Branco no taxi dele.

Para terminar, o meu dezabafo:

Eu não dô pra xeirar, que não é roza.Nem sou água do Saerb, maiz me polpem!

SIGAMMMMM

Assuntos desta notícia


Join the Conversation