Câmara aprova a criação de 500 cargos de perito médico previdenciário no INSS

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou a criação de 500 cargos efetivos de perito médico previdenciário para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Com a medida, que será enviada ao Senado para análise, o órgão poderá ganhar também 1.124 funções em comissão e cargos de confiança.

As vagas estão previstas no projeto de lei 5914/09, do Executivo, que visa a fortalecer a estrutura organizacional do INSS para possibilitar a instalação de 720 agências da previdência até o fim deste ano. “Trabalhamos muito para valorizar o trabalho do perito, e ele precisa estar disponível para a população que depende dessas análises”, disse o relator da proposta, o deputado José Pimentel (PT-CE).

Pimentel citou o Plano de Expansão da Rede de Atendimento da Previdência Social, que busca promover a interiorização dessas unidades. Hoje, a rede presta atendimento em 17,42% dos 5.564 municípios brasileiros.

Por meio do INSS, a Previdência Social é responsável pela concessão e manutenção de benefícios previdenciários e assistenciais. (Correio Web * Com informações da Agência Câmara)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation