Exército amplia vagas; EBC contrata o Cespe

O Exército Brasileiro aumentou em 35 o número de vagas para os cursos de Formação de Sargentos do Exército, de 1.176 para 1.211. Após o período de estudo, de aproximadamente um ano e meio, os aprovados entrarão na corporação no posto de terceiro sargento, com salário mensal de R$ 2.903.

O órgão oferece 1.190 chances para as áreas de combatente, logística-técnica, avia-ção e material bélico (manutenção de viaturas). Entre as atividades na área de combatente, por exemplo, está a de comunicações. O militar desse ramo instala e utiliza materiais como rádios-transmissores e telefones. Para a área de música, são 21 oportunidades para as especialidades de tuba, trombone, trompete, saxofone e clarineta. O Exército informou, por meio do Centro de Comunicação Social, que essas seleções são abertas anualmente devido às vagas referentes a aposentadorias, exonerações e para o quadro de reserva do órgão.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas até o dia 20 de julho por meio da página. A taxa de participação custa R$ 70. Para concorrer, é preciso ser do sexo masculino, ter concluído o ensino médio e idade entre 18 e 24 anos até 30 de junho de 2011. Todos os candidatos farão exame intelectual, de aptidão física, revisão médica e comprovação de requisitos biográficos. De acordo com a área disputada, haverá também avaliação psicológica e inspeção de saúde.

O curso de formação de sargentos é realizado em duas etapas. Primeiro, os aprovados passam pelo período básico, com duração 34 semanas, em uma das Organizações Militares de Corpo de Tropa (OMCT) do Exército. Depois, os candidatos passam pela fase de qualificação, com duração de 43 semanas, que é realizado em MG, RJ e SP. No total, o Exército está com nove processos seletivos abertos, com oferta de 2.344 vagas para candidatos de níveis médio e superior. Os editais podem ser conferidos nas páginas www. espcex.ensino.eb.br, www.ime.eb.br, www.esaex. ensino.eb.br/esaex e www. ibfc.org.br.

Comunicação – A Empresa Brasil de Comunicação (EBC), antiga Radiobrás, definiu a empresa organizadora de seu concurso público. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) será responsável pelo certame, que oferecerá chances efetivas e cadastro reserva para Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Manaus (AM) e São Luís (MA). O órgão não informou o número de vagas nem as remunerações.

Sob suspeita – O concurso do Instituto Brasileiro de Colonização e Reforma Agrária (Incra) com oferta de 550 vagas, realizado no último dia 13, pode ser anulado. O Ministério Público Federal no Pará (MPF/PA) pediu à Justiça a anulação do certame em todo o Brasil. De acordo com o órgão, no estado do Pará, candidatos receberam cadernos de provas para cargos diferentes dos escolhidos. Os fiscais tentaram substituir as provas, mas não houve mate-rial suficiente para os inscritos. (Correio Braziliense)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation