Probank contrata 85 técnicos no Acre

Profissionais trabalharão com o suporte técnico das urnas eletrônicas e transmissão de dados durante as eleições nacionais
A Probank, empresa de tecnologia da informação e comunicação, inicia em agosto o recrutamento para 85 vagas temporárias para técnicos no Acre. A oferta é feita especialmente para as eleições deste ano e quem for contratado trabalhará, em regime de prestação de serviços, de agosto até quinze dias após o encerramento do processo eleitoral na cidade de lotação. Os salários estão discriminados no site www.probank.com.br.

De maneira geral, os técnicos se envolverão em tarefas diversas como, teste, instalação e operacionalização das urnas eletrônicas, além de carga do software e transmissão dos boletins de urna (BU) para os computadores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de seus estados. A distribuição do pessoal selecionado é necessária porque o trabalho da Probank será executado nos cartórios eleitorais e nos locais de votação em todos os municípios brasileiros.

Os contratados serão divididos de acordo com as funções específicas que executarão, podendo ser classificados como, “Técnico de Urna”, “Técnico de Comunicação via Satélite” e “Técnico de Pólo”. Cada um destes grupos possui demandas de conhecimentos e salários específicos que precisam ser observadas pelos candidatos. As especificidades de cada cargo estão discriminadas no site www.probank.com.br.

Todos que se interessarem pelas vagas deverão apresentar certificado de conclusão do ensino médio ou estarem cursando o último ano do curso. Também é exigido ter experiência mínima de três meses em microinformática, com conhecimento em operação e ou instalação de aplicativos em ambiente padrão Microsoft Windows.

Os candidatos precisam ainda assinar uma declaração, sob pena de lei, afirmando não ser filiado a nenhum partido político e não ser cônjuge, companheiro, nem possuir nenhum parentesco de até 3º grau, com candidatos ou profissionais ligados à Justiça Eleitoral. (Assessoria)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation